icone menu logo logo-fatos-curiosos.png


Esse homem decidiu passar 60 dias vivendo como um mendigo e foi isso que ele aprendeu

POR Diogo Quiareli EM Curiosidades 27/03/19 às 16h54

capa do post Esse homem decidiu passar 60 dias vivendo como um mendigo e foi isso que ele aprendeu

Viver na pele o que o outro vive, é um bom começo para entender a sociedade como um todo. Ed Stafford é um ex-capitão do exército britânico e resolveu levar isso bem a sério. O homem decidiu passar 60 dias vivendo como um mendigo para entender mais sobre essas pessoas. Como parte das filmagens do documentário "60 dias nas ruas" para o Channel 4, ele aceitou o desafio. Ele deixou seu filho, sua esposa e sua casa confortável para viver como um sem teto por dois meses. Ele partiu no inverno e encarou a vida sem água garantida, sem comida, dinheiro e abrigo. Ele deveria descobrir o que essas pessoas passavam e como realmente viviam.

O problema dos sem-teto não é apenas característico de países pobres. A prova disso são os moradores de rua nos países de primeiro mundo. Segundo um estudo, em 2018, somente no Reino Unido, havia cerca de 320 mil pessoas que não possuíam um lar, seja esse uma casa simples ou apartamento. Além disso, mais da metade dessas pessoas viviam na capital, em Londres. Diversos sem-teto são ex-militares. Ed Stafford, de 43 anos, decidiu descobrir como seus colegas vivem nas ruas de Londres, Manchester e Glasgow.

Nova experiência

Ed percorreu mais de 6,4 mil km no rio Amazonas e entrou para o Guinnes Book como a primeira pessoa a fazer essa viagem. Durante as filmagens do Discovery Channel, ele passou 60 dias isolados em Olorua, uma ilha deserta, sem comida, água, roupas e ferramentas. Teve momentos em que ele perdeu toda sua coragem e ficou prestes a desistir. Teve dias que ele limitava por completo sua alimentação, pois não conseguia o suficiente. Apesar dessas "loucuras", a experiência de viver como um sem-teto acabou sendo a mais nervosa e assustadora para o ex-militar.

Engordando após passar 60 dias vivendo como um mendigo

A vida de desabrigado era mais lucrativa do que ele imaginava. À noite, ele já tinha arrecadado cerca de 100 a 200 libras, mais do que um trabalhador comum em Londres. Ele também não precisava gastar com comida, pois havia voluntários que distribuíam hambúrgueres e outros tipos de fast food para os desabrigados. Obviamente, eles comiam até mais do que era necessário. Em Glasgow, Ed contou com 26 voluntários dando comida para os moradores de rua, embora houvesse apenas 2 onde ele estava. Um deles chegou a reclamar que as pessoas estavam dando comida demais.

Durante 60 dias, Ed engordou mais de 5 quilos. Ele esperava, ao ir para as ruas, passar fome e perder bastante peso. Análises mostraram que, se ele continuasse comendo alimentos tão gordurosos, poderia desenvolver doenças cardiovasculares. No entanto, durante o experimento, ele aproveitou bastante. Às vezes, Ed tinha que se lavar em restaurantes e cafés. Era apenas uma cabine fechada que permitia a ele tirar a roupa completamente e limpar sua barba de forma correta, tirando o suor e a sujeira.

Realidade das ruas

Muitos mendigos sequer eram mendigos. Muitos possuíam apartamentos ou um outro lar para morar. Um desses "desabrigados", Darren, disse que ele conseguia bastante dinheiro por noite e cobrava dos outros uma alimentação e um banho em sua casa. Outro mendigo falso havia acabado de deixar a prisão e conseguido um apartamento. A principio, ia arrumar um emprego, mas como o salário era baixo para ele, resolveu ganhar do método fácil. Ed diz que nem mesmo os verdadeiros mendigos precisavam de todo o dinheiro que recebiam diariamente. Ele compartilhou ainda que, apesar do fato de que ele estava cheio de simpatia pelas pessoas próximas, ele não daria mais dinheiro para essas pessoas desabrigadas, porque a maioria era mentirosa e falsa.

E aí, o que você achou dessa matéria? Comenta pra gente aí embaixo e compartilhe com seus amigos. Lembrando sempre que o seu feedback é extremamente importante para o nosso crescimento.


Próxima Matéria
Via   ADME  
avatar Diogo Quiareli
Diogo Quiareli
Geminiano, 26 anos, goiano. Amante de música pop, fã de Katy e Luan.
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você!

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Confira nosso Pinterest