icone menu logo logo-fatos-curiosos.png


Esse homem é pai de 102 crianças, mas como?

POR Gustavo Camargo    EM Entretenimento      12/12/17 às 14h28
capa do post Esse homem é pai de 102 crianças, mas como?

Na Holanda um grupo de mulheres notou uma semelhança bem estranha entre todos os recém nascidos e decidiram investigar o motivo de tal peculiaridade. A queixa veio de um grupo de mães solteiras, que aparentemente tiveram o mesmo doador quando recorreram a várias clínicas de fertilidade holandesas. Doadores de esperma sempre assinam um contrato no qual se comprometem a não doar para mais clínicas. Mas tecnicamente não existe um método que verifique se o homem a cumpriu.

O ministério da Saúde, após algum tempo de investigações descobriu que um único homem teria sido responsável pelo nascimento de 102 crianças. Essa revelação abalou todo o país, e trouxe à tona a necessidade da criação de um registro nacional de doadores. Com o objetivo de impedir que um único homem possa ter suas células reprodutoras usadas mais que o permitido.

O homem, que não quis se identificar, diz que "não foi para ter o número máximo possível de filhos". "Eu gosto de fazer isso e só quero que as pessoas fiquem felizes. Faz-me sentir útil. A gratidão dos médicos e dos eventuais pais é fantástica", afirma o homem. Na Holanda, nos dias atuais, existe um registro que apenas pessoas nascidas por inseminação artificial podem acessar, se quiserem conhecer seu pai biológico. As clinicas especializadas não possuem tal direto.

Registro de doadores

"Porque não temos um registro nacional que coleta dados de todos os doadores de esperma na Holanda? As clínicas de fertilidade não podem verificar se um homem doou em outros centros ou o número de vezes que já doou ", explicou o Dr. Jesper Smeenk, da Sociedade Holandesa de Obstetrícia e Ginecologia (NVOG).

"Nós definitivamente precisamos de um registro nacional para que todo o sêmen usado para um tratamento de fertilidade seja registrado e que os centros tenham autorização para acessar e certificar que um doador não tenha mais do que 25 filhos". Uma lei holandesa determina que um homem possa ser pai biológico de 25 crianças, com o intuito de limitar a hipótese dos filhos virem a ter uma relação amorosa sem saber que são meios-irmãos.

Conforme as investigações iam avançando, foi descoberto outro homem que fazia a mesma coisa. Mas cujo o esperma só deu origem a dois bebês. A Associação de Ginecologistas Holandeses já ordenou a proibição do uso do esperma destes dois homens. Para além de clínicas, os dois vendiam o esperma na Internet.

E aí, o que acharam da matéria? Um caso bem bizarro, não é mesmo? Já imaginou ter 102 filhos? Comenta aí e não se esqueça de compartilhar com os amigos, lembrando que seu feedback é sempre muito importante.


Próxima Matéria
Via   Jornalciencia     Cmjornal  
Imagens Tuasaude
avatar Gustavo Camargo
Gustavo Camargo
A verdade é que eu queria ser astronauta, mas na minha cidade ainda não tem a escolinha. Instagram: gustavoloopi
As categorias Terror, Sobrenatural, CreppyPasta e entretenimento têm como único objetivo de entreter. Não devem ser utilizadas como fontes de artigos científicos ou trabalhos escolares.
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você!

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Confira nosso Pinterest