• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


Esse homem salvou 699 crianças do holocausto e manteve o segredo por 50 anos

POR Diogo Quiareli    EM História      30/10/19 às 14h41

A Segunda Guerra Mundial foi um dos eventos que mais trouxe danos para a humanidade. Durante uma perseguição do governo nazista, comandado por Adolf Hitler, milhões de pessoas perderam suas vidas. Todavia, os que mais sofreram com isso foram os judeus. Essas pessoas foram totalmente massacradas pelos alemães nazistas, durante o holocausto. Os judeus foram caçados, capturados, torturados, exilados e, nos casos mais extremos, assassinados de forma fria. Tudo isso sem terem tempo de questionar ou serem ouvidos.

A partir desses confrontos, foi desencadeada a Guerra que deixou milhões de mortos em diversas partes do mundo. Por sorte, alguns perseguidos conseguiram escapar após muita luta, se escondendo em outros países. Por outro lado, houve pessoas que agiram como heróis e ajudaram os que necessitavam. Nicholas Winton é a prova disso. Esse homem foi responsável por salvar 699 judeus, durante o Holocausto. Confira conosco sua história.

Nicholas no Holocausto

Durante a Segunda Guerra Mundial, em 1939, Nicholas, que era britânico, arriscou sua própria vida. A maioria dos judeus que ele salvou eram crianças da Tchecoslováquia. A fim de manter sua palavra como salvador, ele abrigou todas elas na Inglaterra. Isso garantiu que todas elas pudessem prosseguir suas vidas. Como falamos antes, o período da guerra foi avassalador para os judeus. Sendo assim, uma vida que fosse salva daquelas condições e do destino terrível, já seria um feito muito relevante. Logo, 699 pessoas salvas tornam a pessoa que as salvar, um verdadeiro herói de toda nação.

Após o fim da guerra, Nicholas nunca tocou nesse assunto. Ele agia como se tivesse feito o mínimo e não se vangloriava por isso. O assunto ficou oculto por 50 anos, até sua esposa descobrir tudo. Sua mulher encontrou um antigo caderno pessoal de Nicholas, escondido no sótão de casa. Quando abriu, se deparou com nomes, fotos e documentos de pessoas que ela não conhecia. Ficou intrigada e então descobriu que se tratava de crianças que seu marido havia salvado há muito tempo. Foi aí que ela decidiu que aquilo deveria ser algo público e buscou o reconhecimento do marido pelo feito.

Reconhecimento

Sir Nicholas, como é chamado, recebeu esse título de cavaleiro pela Rainha Elizabeth II. A Rainha faleceu no dia 1 de julho de 2015, mas ainda assim, deixou o título vitalício. Com o apelido de "Schindler Britânico", Nicholas apareceu em um programa de TV do Reino Unido, chamado "That"s Life", em 1988. Ele estava em uma platéia, mas não fazia ideia de que todos ali só estavam lá porque ele havia salvado tantos dos presentes. Aquelas pessoas eram as crianças que Nicholas salvou, arriscando então sua própria vida.

No vídeo que viralizou uma vez, a narradora diz que uma das crianças que ele salvou estava do seu lado. Isso o emocionou, claro. Depois, ela pediu que todas as pessoas que devessem sua vida a Nicholas também se levantassem. Assim sendo, muitas ficaram de pé, o que deixou o homem ainda mais emocionado. Confira conosco, esse vídeo emocionante do momento que mexeu com muitas pessoas:

Vídeo

E aí, o que você achou dessa história? Comenta pra gente aí embaixo, afinal, o seu feedback é muito importante. Só assim poderemos trazer cada vez mais conteúdos interessantes.

Próxima Matéria
Diogo Quiareli
Geminiano, 25 anos, goiano.
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+