• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


Esse vídeo raro é a última filmagem conhecida do Tigre da Tasmânia

POR Bruno Dias    EM Mundo Animal      21/05/20 às 19h02

O Tigre-da-tasmânia é uma das espécies mais singulares já registradas. O motivo dessa singularidade é por causa de suas características físicas. Para quem não conhece, a espécie possui corpo parecido com o de um cão, cabeça parecida com a de uma raposa e dorso com listras parecidas com as dos tigres. Nesse sentido, mais singular ainda são as fêmeas, que possuem uma bolsa semelhante a dos cangurus.

Esse animal, que também é conhecido como tilacino , é um símbolo da Tasmânia. Em comparação, ele está para a Austrália assim como o Monstro do Lago Ness está para Escócia. Eles eram nativos da Tasmânia e da Nova Guiné na Austrália. Mas a caça dos tigres da Tasmânia levou a espécie à extinção. E o último animal dessa espécie, chamado Benjamin, estava em um zoológico de Hobart e morreu em 1936.

Um ano antes da morte do último desses animais, ele estava sendo filmado para um diário de viagem feito pelo cineasta Sidney Cook chamado "Tasmania the Wonderland". Com o passar do tempo apenas algumas cenas desse diário de viagem conseguiram sobreviver. Nas que ainda existem é possível ver a praia de Sandy Bay em Hobart, o zoológico de Baeumaris e o animal conhecido como tigre da Tasmânia.

O momento em que Benjamin aparece nas imagens tem apenas 21 segundos. Mas quando colocado em perspectiva de não se ter nenhum outro registo esse é uma mina de ouro. Antes desse vídeo ser descoberto existiam pouco mais de três minutos de filmagem silenciosa e em preto e branco desses animais.

Vídeo

De acordo com o National Film and Sound Archive of Australia (NFSA), esse novo vídeo achado não é importante apenas por ter áudio. Mas também por ser a última filmagem conhecida do tigre da Tasmânia.

O vídeo não vinha à público há 85 anos. Ele foi digitalizado em 4K e colocado online para que todos pudessem ver e se lembrar desse animal enigmático. Até onde se sabe, essa é a última vez que Benjamin, ou qualquer outro animal dessa espécie, foi filmado se movimentando.

Mesmo que a espécie já tenha sido extinta há anos, existem as pessoas que ainda são esperançosas. Nesse caso em específico os membros do arquivo dizem que "permanecem otimistas com o fato de que outras filmagens possam aparecer em outras coleções".

Os únicos vídeos em que esses animais aprecem foram gravados nos zoológicos da Austrália e Londres. Mas os tigres da Tasmânia foram envados para várias partes do mundo. Até mesmo depois da chegada desse vídeo específico de Cook.

"Enquanto o NFSA detém Film Preservation cópias de grande parte da filmagem sobrevivente conhecido do tilacino, a busca continua. Ainda não foram descobertas as imagens de um tilacino colorido, perambulando em estado selvagem. Ou o que é mais provável, filme com som local que revele qualquer som produzido pelo animal", disse um comunicado de imprensa.

Essas imagens conseguiriam dar uma visão de como esse animal se comportava. E atualmente, as chances de um outro Benjamin já foi embora a muito tempo. Mesmo que alguns cientistas tenham tentado sequenciar os genes da espécie e reconstruir seus cérebros.

No fundo do vídeo, é possível ouvir uma pessoa explicando a origem do tigre da Tasmânia. Ele diz "agora é muito raro, sendo forçado a sair de seu habitat natural pela marcha da civilização".

Próxima Matéria
Via   Science alert  
Imagens Twitter
Bruno Dias
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você!

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+