icone menu logo logo-fatos-curiosos.png


Esses artistas possuem histórias bizarras, violentas e perigosas

POR Júlia Marreto    EM Entretenimento      05/01/17 às 13h51
capa do post Esses artistas possuem histórias bizarras, violentas e perigosas

Ser um artista nem sempre é uma escolha fácil, em um mundo onde há incompreensão humana se deleita nos afazeres capitalistas, expressar-se é algo que não deveria ser feito em público. Mas, esse tempo não existe mais, ou pelo menos quase não existe.

A arte sim é muito importante, sempre foi e sempre será, é uma das maneiras, não apenas de se expressar, mas também de conhecermos um pouco mais sobre cada época, cada período, nos permite estarmos mais próximos às sociedades e ao estilo de vida de cada um.

Cada obra, trabalho, é especial em sua essência mas, não apenas, também temos as histórias dos próprios artistas. Que, por vezes, nos ajudam mais a entender sua arte do que o contrário. Precisamos lembrar que não temos o intuito de criticar, julgar, muito menos impor verdades absolutas.

Nosso objetivo é único e exclusivo de informar e entreter. Por isso, o conteúdo dessa matéria se destina a aqueles que se interessarem e/ou identificarem. Em outras oportunidades também já falamos sobre outros artistas e situações, que você pode conferir em: As últimas obras de arte de 10 artistas famosos; 7 principais personagens da cultura pop representados por artistas negros; 8 rostos por trás de artistas mascarados; 6 artistas que lotam suas músicas de mensagens ocultas.

Para que conheçam um pouco mais sobre a história de grandes nomes da história da arte, nós aqui da redação da Fatos Desconhecidos selecionamos uma listinha com alguns artistas e suas histórias de vida. Confira:

1 - Gesualdo

Don Carlo Gesualdo, músico e compositor renascentista. Aos 20 anos se casou com sua prima, de 24, que, segundo a história, era tão sedutora que dois homens morreram ao ter relações sexuais com ela. Pouco tempo depois do casamento, Gesualdo encontrou sua esposa na cama com o duque de Andria, que usava suas roupas.

Revoltado, matou a esposa, o amante, ao que tudo indica, seu filho (ao pensar que poderia ser bastardo), mas não se sabe se é fato ou boato. Apesar de ter sido isento de pena pelos assassinatos, Gesualdo se torturou. Depois de passar por um estado de depressão, o artista manteve um grupo de homens jovens em seu castelo, com finalidade declarada de que batessem nele em meio a orgias sadomasoquistas.

Não suficiente, também se envolveu em julgamento de bruxaria e foi parar do "lado errado" da Inquisição Espanhola. Apesar de ter conseguido fugir das penas de morte, seu fim chegou em uma das sessões de sadomasoquismo, Gesualdo foi espancado até a morte por seu grupo de homens, situação que foi descrita como "uma espécie de fúria masoquista", com apenas 47 anos.

2 - Maxwell Bodenheim

Considerado um dos maiores escritores da América no início do século 20, Maxwell Bodenheim foi levado a um nível extremo de boêmia em seus últimos anos de vida, fazendo com que ele e sua esposa fossem parar em bancos de praças, por volta dos anos 1940. O tempo em que estava sóbrio era o que usava para escrever seus poemas.

Era conhecido por invadir festas literárias com um saco em mãos, no qual colocava qualquer coisa que achasse. Com o domínio da dialética, Bodenheim era um tremendo cafajeste, seduziu 4 belíssimas mulheres famosas, fazendo com que todas tentassem suicídio.

Apesar de não ser fiel à esposa, não permitia que ela o traísse. Em 1954, ao tentar impedir que um homem dormisse com sua mulher, foi morto por um tiro de pistola, disparado pelo rival.

3 - Arthur Rimbaud

Aos 17 anos se tornou morador de rua em Paris, até que se envolveu em um caso de amor com, o também poeta, Paul Verlaine. Rimbaud drogou Verlaine, roubou e usou seus impressos como papel higiênico. Com 25 anos, foi para a África oriental, se tornando traficante de armas.

Em 1885, comprou milhares de rifles na Europa e os levou, de camelo, até a Etiópia, para poder vender, no que na época era conhecido como, na Abissínia. Depois disso, nunca mais escreveu qualquer coisa sobre poesia. Se transformando em um mercenário e logo depois traficante de escravos.

4 - Michelangelo

Um dos nomes mais importantes da história da arte, Michelangelo foi escultor indescritível. Mas, ele também tinha um lado que nem todo mundo conhece, em seu tempo livre Michelangelo se dedicava à pornografia. Conhecido por ter feito um dos desenhos mais bizarros da história da arte, no qual apresentava um homem curvado exibindo seu ânus para o mundo. Além disso, escreveu poesias sobre fezes e urina, utilizando de frases fortes e retratos obscenos.

5 - Thomas Moran

Por volta de 1871, os Estados Unidos ainda era pouco conhecido, tendo regiões inteiras totalmente desconhecidas. Por esse motivo, Washington enviou equipes de exploradores para desbravar os territórios, e entre eles estava o pintor Thomas Moran.

Apesar de artistas famosos não fazerem o tipo de quem quer sair por aí desbravando e explorando mundo afora, mas Moran foi. Ele passou 40 dias no Parque Nacional de Yellowstone, até então cheia de mistérios e totalmente desconhecida, com apenas alguns suprimentos.

Suas pinturas, dessa época, se tornaram tão famosas que ele foi chamado, várias vezes, de Thomas "Yellowstone" Moran.

6 - Fra Filippo Lippi

Foi um talentoso artista renascentistas, que concorreu com grandes nomes da história da arte. Como muitos sabem, um artista tende a ficar famoso depois de sua morte, talvez seja por isso que Lippi não seja tão conhecido nos dias atuais. Umas das áreas da vida em que era mais conhecido era a amorosa.

Era muito conhecido por seus flertes, mas mesmo assim, em 1456 foi contratado por um convento para realizar uma pintura de Santa Margarida em Prato. Como não podia negar sua personalidade, em pouco tempo conseguiu seduzir uma freira chamada Lucrezia Buti. Segundo histórias, Lippi solicitou à Madre Superiora que disponibilizasse uma freira para posar para sua pintura.

O resultado dessa história é diverso, alguns afirmam que em seguida, Lucrezia e Lippi fugiram juntos e a de que Lippi sequestrou a moça no meio de uma procissão e a levou para viver com ele em pecado. Apesar de toda indignação do povo, Lippi era protegido da família Medici e conseguiu o perdão do Papa depois de uma "torturinha básica".

7 - Caravaggio

Além de artista foi um verdadeiro "bad boy". Sua vida frenética, dormindo com vários homens e mulheres, também participou de duelos, atacou uma prostituta e esfaqueou um homem na virilha, o levando à morte. Ao que tudo indica, também trabalhou como cafetão e atacou um de seus rivais artísticos com uma espada.

Esses feitos não chegam perto do grupo liderado por Onorio Longhi, que tinha como lema a seguinte frase: "sem esperança, sem medo". Eram um grupo de pintores e arquitetos romanos que se vestiam como cavaleiros e cavalgavam pelas ruas de Roma fazendo algazarras, pegando prostituas e tentando assassinar seus rivais.

Uma dessas noites, em 1606, ficou registrada por uma confusão que resultou na morte de um homem e deixou algumas pessoas feridas. Depois de procurar tantas brigas, uma a encontrou, um de seus rivais o surpreendeu em uma taberna em Nápoli, luta essa que rendeu graves ferimentos ao artista, dos quais ele nunca se recuperou. Michelangelo Merisi da Caravaggio, morreu aos 38 anos, de maneira desconhecida.

Então pessoal, o que acharam dessas histórias? Encontraram algum erro na matéria? Ficaram com dúvidas? Possuem sugestões? Não se esqueçam de comentar com a gente!


Próxima Matéria
Via   wilango     newyorker     britannica     Rimbaud     pinterest     gannett     Lippi_z13     biography  
Imagens listverse
avatar Júlia Marreto
Júlia Marreto
É a dona de um coração esculpido pela literatura e preenchido pelos bons vinhos de Baco. Guiada nas artes da vida por Ares, possui a discreta delicadeza de um elefante pulando carnaval numa loja de cristais! Movida diariamente pelo combustível da vida: o café, essa garota possui raízes profundas na poesia da vida. É muito séria, mas sabe brincar na hora certa. Ama os animais e detesta filme de terror. Apesar de cantar mal, canta com sentimento. E adora musicais! Sua principal tentativa desportiva é o baralho. Ela gosta mesmo é de coisas antigas, apaixonada pela vida e sonha com o universo. Instagram: , @juliamarreto
As categorias Terror, Sobrenatural, CreppyPasta e entretenimento têm como único objetivo de entreter. Não devem ser utilizadas como fontes de artigos científicos ou trabalhos escolares.
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você!

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Confira nosso Pinterest