icone menu logo logo-fatos-desconhecidos.png


Esses são os motivos pelo qual os homens vivem menos do que as mulheres

POR A redação    EM Ciência e Tecnologia      14/10/15 às 19h29
capa do post Esses são os motivos pelo qual os homens vivem menos do que as mulheres

Você ai meu camarada, que lê as nossas matérias, já se indagou, no fundo de suas reflexões pessoais, por que diabos, os homens vivem menos do que as mulheres?

E você minha cara leitora do Ultra Curioso, já se perguntou, quais seriam as razões plausíveis, para as moças terem uma expectativa de vida maior que a dos rapazes? Será que tem a ver com modos perigosos de vida, que os caras são mais pré-dispostos a arriscar?

Vamos tentar responder essa dúvida que ao longo dos anos vem assolando a mente das pessoas. Confira abaixo as nossas tentativas em lhes explicarem:

O jornal Los Angeles Times, resolveu discorrer sobre essa temática e chegou a uma série de conclusões relevantes à respeito disso. Uma delas, é que o conceito de que os homens viverem menos do que as mulheres, propriamente dizendo, é oriundo do século XIX para cá.  Sem contar, que de acordo com os estudos realizados recentemente, essas diferenças não tem relação com questões tipicamente biológicas, pelo menos não somente esses fatores.

Segundo o demógrafo Hiram Beltran-Sanchez, a longevidade sempre foi tida como uma vantagem feminina, o que o motivou a pesquisar a respeito das origens desses motivos. Para isso, ele começou a estudar as principais causas de morte, de pessoas que viveram entre 1800 e 1935, em mais de 10 nações diferentes, e posteriormente, comparou com as principais causas de fatalidades dos tempos mais recentes.

As 5 principais motivações averiguadas foram os AVCs, câncer, gripes, pneumonias e doenças cardíacas. As certidões de óbito avaliadas, de pessoas entre 40 e 90 anos de idade, sob circunstâncias normais, excluíram pessoas jovens da lista, para que não caíssem questões de fatalidades e acidentes nos fatores.

Foi concluído que homens e mulheres tinham a mesma expectativa de vida, nos tempos mais remotos, e o quadro foi se transformando assim que os antibióticos surgiram, e foi ai que começaram a destoar os índices dos dois gêneros. Foi constatado que a maioria das mortes no início do século XX, eram oriundas de doenças cardiovasculares, e pelo fumo, coisas muito mais vinculadas à figura masculina. Ou seja, podemos tirar disso tudo, que as discrepâncias das expectativas de vida de ambos os gêneros, não tem necessariamente à ver, somente fatores biológicos, a alimentação, e os hábitos de vida masculinos, levam os homens a viverem menos que as mulheres, na média geral.

E ao ver essas imagens abaixo, você vai entender bem essas razões que não tenham a ver com fatores biológicos:

1- Ao ver os riscos de subir em uma escada desse modo

2- Ou analisando essas peraltices

3- Avaliando a sincronia desses amigos

4- Ou a desenvoltura dessa criatura

5- E experimentando as escadas rolantes

6- Ou mesmo bancando o exibicionista na lata de lixo

7- Mas principalmente ao acompanhar essa estupidez

Estão mais claras agora, as razões pelo qual os homens simplesmente vivem menos?


Próxima Matéria
avatar A redação
A redação
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você!

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Confira nosso Pinterest