Esses veículos são o futuro do transporte público do futuro

POR Isabela Ferreira    EM Inovação      13/09/17 às 18h35
foto de destaque

Quem depende de transporte público tende a passar por uma série de situações desagradáveis, não é mesmo? Atrasos, demoras, lotação, engarrafamentos, enfim... Cada um tem um relato lamentável para compartilhar. Certamente não é uma das melhores formas de se deslocar por aí, porém, as vezes não tem jeito mesmo. Será que algum dia a situação pode melhorar?

Talvez! Já parou para pensar em como poderiam ser os transportes públicos do futuro? Bom, por mais que sempre pareça que inovar nesta área não é uma das prioridades do poder público, cientistas trabalham a todo vapor mundo afora na intenção de facilitar nossa vida, em todos os aspectos. Então por que não pensariam em desenvolver algo incrivelmente inovador para desafogar o trânsito e a vida de usuários de transporte coletivo?

Gyrocar! Nome pouco sugestivo? Pois bem, essa é a criação do designer russo Dahir Insaat, que pensou em algo realmente genial e que poderia resolver muitos de nossos problemas. Sua ideia consiste em criar uma espécie de bonde, mas que seja em formato de um disco (bem parecido com um disco voador mesmo), sendo que eles seriam capazes de andar por aí elevados acima do nível de veículos comuns.

Não entendeu muito bem? Vamos explicar melhor então! Seria nada menos que um gigante ônibus em formato redondo, que seria sustentado por uma estrutura usando gigantes giroscópios, funcionando como um monotrilho. Seu design permitiria uma boa façanha: poderiam viajar acima até mesmo do nível de um caminhão, não ficando presos em congestionamentos e certamente, andando muito mais rápido.

Por dentro eles se parecem muito com transportes públicos convencionais, mas a ideia é que sejam instaladas algumas cabines com um toque mais luxuoso, contendo alguns sofás de couro e até mesmo computadores para que os passageiros pudessem passar o tempo.

De acordo com Insaat "é absolutamente seguro em termos ecológicos e físicos. não pode causar danos graves". Na verdade, o máximo que poderia acontecer caso alguém tivesse a ideia de caminhar sobre o trilho, é ser empurrado para fora de seu caminho. Sabe aquela velha história que partiu dos cinemas em que alguém comete suicídio se jogando nos trilhos do trem? Pois é, isso não seria mais possível no caso do Gyrocar.

Bom, por mais que seja excitante imaginar um gigante desses "flutuando" por nossas ruas, não se tem datas previstas para que comece a funcionar em alguma parte do mundo. Por enquanto funciona apenas como um projeto visionário e que ainda precisa de alguns ajustes e estratégias que possam fazê-lo atuar de forma efetiva.

Um dos maiores problemas que o veículo enfrentaria é que os motoristas não seriam capazes de ver pedestres atravessando a rua sobre seus trilhos. Por mais que afirmem que não seria algo mortal ser atingido pelo transporte, ainda assim poderia causar algum problema maior.

Se quiser entender um pouquinho melhor como a ideia funciona, pode conferir o vídeo abaixo! Não existe legenda em português, mas é possível entender perfeitamente bem como tudo seria executado. Dá uma olhada!

O lado bom é que Dahir Insaat está disposto a fazer o que for preciso para colocar seu protótipo em funcionamento, e afirma não ter dúvidas de que este será o transporte do futuro, substituindo ônibus, bondes, metrôs e o que mais for preciso para evitar engarrafamentos e facilitar a vida de seus usuários.

E então galera, o que acharam? Será que um dia ainda veremos um desses andando sobre nossas ruas? Compartilhem suas ideias com a gente pelos comentários


Ei Fatos, não deixe de conferir:

2 SINAIS QUE FALTAM PARA JESUS VOLTAR - E SE FOR VERDADE

Próxima Matéria
Via   IFL Science  
Imagens Dahir Insaat
avatar Isabela Ferreira
Isabela Ferreira
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.

Matérias selecionadas especialmente para você!

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+