icone menu logo logo-fatos-desconhecidos.png


Estamos próximos de unir nosso cérebro com dados em nuvem, entenda

POR Cristyele Oliveira    EM Ciência e Tecnologia      22/04/19 às 19h46
capa do post Estamos próximos de unir nosso cérebro com dados em nuvem, entenda

Hoje em dia, não tem mais aquela preocupação de perder seus documentos importantes caso aconteça alguma coisa com o seu computador. Graças à nuvem, podemos manter todos os dados importantes seguros. Mas você já imaginou poder guardar na nuvem também os seus pensamentos? Bem louco isso, não é? Mas se depender dos cientistas, isso poderá ser uma realidade não tão distante assim.

A humanidade pode estar muito próxima de uma fusão da biologia humana com a tecnologia avançada. Com essa junção, seria possível fundir nossos pensamentos e conhecimentos diretamente com a nuvem em tempo real. E esse cenário digno de um filme de ficção cientifica, pode estar a décadas de distância, segundo os cientistas.

Nuvem humana

Um novo artigo de pesquisa explorou o que os cientistas chamam de "interface cérebro / nuvem humana". Nele, os pesquisadores explicam os fundamentos tecnológicos de como esse futuro sistema poderá se tornar realidade.

O artigo propõe que esse novo sistema provavelmente seria possibilitado por avanços significativos no campo da nanorobótica. Nanobots, são máquinas incrivelmente pequenas, que chegam a ser menores do que a largura de um fio de cabelo humano. Esses pequenos robôs podem beneficiar os humanos e o planeta de várias formas. No caso da nuvem humana, seria necessário um tipo particular de nanobots, a neural nanoróbotica

"Esses aparelhos navegariam na vasculatura humana, cruzariam a barreira hematoencefálica e se auto colocariam precisamente, ou mesmo dentro das células cerebrais", diz o líder do estudo, o pesquisador do Instituto Molecular da Califórnia, Robert Freitas Jr. "Eles então transmitiam sem fio informações codificadas de e para uma rede de supercomputador baseada em nuvem para monitoramento de estado cerebral e extração de dados em tempo real".

O futuro

Mesmo que a ideia pareça muito ficcional, isso não significa que se trata apenas de uma fantasia. Na verdade, já estamos no caminho certo, considerando que apenas algumas décadas atrás, a internet como conhecemos hoje não existia. A evolução tecnológica tem dado largos passos em um período muito curto.

Na melhor ou na pior das hipóteses, essa nuvem humana hipotética representaria a continuação dessa trajetória, e enquanto ainda não chegamos lá, estamos chegando perto. Os pesquisadores não podem dizer com certeza quando ela será possível. No entanto, eles preveem no artigo que isso poderia ser uma realidade dentro das próximas décadas.

O cumprimento desse prazo ambicioso depende diretamente do desenvolvimento do tipo certo de soluções científicas e tecnológicas para fazer o trabalho da nuvem humana como previsto no projeto.

Um dos maiores obstáculos para conseguir isso, é encontrar maneiras de integrar com segurança nanorobôs neurais ao tecido cerebral humano. Além de descobrir uma forma para que esses pequenos robôs transmitam grandes quantidades de dados gerados e retransmitidos por supercomputadores para a nossa massa cinzenta. Tudo isso sem causar um efeito de desconforto ou estrangulamento.

"Esse desafio inclui não apenas encontrar a largura de banda para a transmissão global de dados, mas também como ativar a troca de dados com os neurônios por meio de pequenos dispositivos embutidos no cérebro", explica o especialista em nanotecnologia, Nuno Martins.

O fato é que ainda estamos muito longe de alcançar esse audacioso plano tecnológico. Mas também é fato que estamos mais perto do que já estivemos antes.

E você, o que acha dessa ideia? Conta para a gente nos comentários e compartilhe com os seus amigos.


Próxima Matéria
avatar Cristyele Oliveira
Cristyele Oliveira
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você!

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Confira nosso Pinterest