icone menu logo logo-fatos-desconhecidos.png


Este homem foi atacado por um urso duas vezes e sobreviveu para registrar imagens dos danos

POR Magno Oliver    EM Mundo Animal      04/10/16 às 15h57
capa do post Este homem foi atacado por um urso duas vezes e sobreviveu para registrar imagens dos danos

Você sabe como se defender do ataque de um cachorro bravo? Aqui no site da Fatos Desconhecidos, nós já exibimos para você como se prevenir de um momento perigoso como este.

Mas se te ajudamos a se safar do ataque de um cachorro, com o americano Todd Orr, de 50 anos, você vai descobrir como ele sobreviveu ao ataque de um animal mais feroz que o cão, um urso.

Todd foi atacado por uma ursa, enquanto fazia uma trilha em Ennis, em Montana, nos Estados Unidos. A fêmea estava acompanhada de mais dois filhotes e o atacou usando abocanhadas.

Todd sempre andava com spray para afastar os animais e, mesmo usando o objeto, a ursa não fugiu.

"Eu gritei várias vezes para que ela reconhecesse que eu era humano e esperava que ela voltasse para trás. Não tive essa sorte. Dentro de alguns segundos, ela estava quase em cima de mim.

Dei-lhe uma carga completa de spray de urso em cerca de 25 centímetros de distância. O impulso levou-a para a direita através da névoa laranja e em mim", contou o homem.

Depois de ser empurrado para o chão, a ursa começou a morder os braços, os ombros e a mochila de Orr, enquanto ele protegia o pescoço com as mãos e o antebraço.

Segundo ele, "a força de cada mordida era como uma marreta com dentes. Ela parava por uns segundos e, então, mordia de novo e de novo. Depois, ela desapareceu."

Ensanguentado e ferido, ele saiu do local e tentou pedir ajuda. No entanto, cerca de 10 minutos depois, a ursa reapareceu e o golpeou novamente. Ele conta que achava que era o seu fim.

"Eu sabia que não podia me mover ou fazer qualquer som. Então fiquei imóvel. Eu pensei que este era o fim. Ela acabaria por atingir uma artéria no meu pescoço e eu viria a sangrar na trilha.

Ela deu outras mordidas na minha cabeça. Fiquei com um corte acima de uma orelha. Quase fui escalpelado."

Depois de receber mais golpes da ursa, ele conseguiu chegar até o seu carro e dirigiu por cerca de 27km até encontrar um hospital da região onde recebeu atendimento médico.

Foram gastas mais de oito horas com pontos em ferimentos e curativos. Em seu perfil no Facebook, ele compartilhou um vídeo com o relato da história. "Não foi meu melhor dia. Mas estou vivo. Feliz de compartilhar essa história com vocês", contou o americano.

Confira o vídeo que ele fez que foi postado em sua rede social clicando aqui.


Próxima Matéria
Via   facebook.com/todd.orr     globo     iflscience  
Imagens inverse
avatar Magno Oliver
Magno Oliver
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você!

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Confira nosso Pinterest