• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


Estes foram os mangás escritos por Eiichiro Oda antes de One Piece

POR Letícia Dias    EM Fatos Nerd      05/12/19 às 12h36

Através da crescente popularidade de animes, viemos adentrando no universo de mangás e afins. Então, aos poucos, vamos conhecendo nomes de destaque, responsáveis por dar vida a universos inteiros. Em meio a tantos exemplos, podemos citar um mangaká em especial: Eichiiro Oda. Atualmente, o criador de One Piece é um dos melhores artistas da Shonen Jump. Inclusive, é por isso que, desde 1997, a Shueisha faz questão de estreitar ainda mais os laços com Oda, pois seu nome é frequentemente associado ao sucesso. Com seu título mais famoso ainda em desenvolvimento, é difícil desassociar o criador da obra. Contudo, antes das aventuras de Monkey D. Luffy, o autor já contava com significativos trabalhos em seu passado. Sendo assim, resolvemos apresentá-los aqui.

6 - Wanted!

Esse one-shot foi o marco inicial da carreira de Oda como mangaká, afinal, foi escrito pelo autor ainda em 1992, durante seu último ano do ensino médio. No entanto, ao invés lançar a história em seu nome, o artista resolveu utilizar o pseudônimo Tsuki Himizu Kikondo. Posteriormente, Oda acabou vencendo uma premiação com esse enredo e fez uma entrada bombástica na indústria de mangás.

Ademais, a narrativa gira em torno de um caçador de recompensas chamado Wild Joe. O protagonista está em busca de Gill Bastar, um criminoso procurado. Curiosamente, a enorme recompensa pela cabeça de Gill se deve ao fato de ele acabar matando aqueles que o perseguem. Então, Joe acaba enfrentando o mesmo destino de seus antecessores. Contudo, seu espírito se mostra incapaz de seguir para a vida após a morte, devido a forma vergonhosa pela qual morreu. Portanto, com grande convicção, o espírito de Joe declara que só descansará quando enfrentar Gill mais uma vez com honra, ou no dia em que o procurado morrer.

5 - God's Gift for the Future

Outro one-shot, God's Gift for the Future foi ilustrado por Oda apenas um ano depois de Wanted. Logo, em 1993 o mangaká já contava com uma publicação pela Monthly Shonen Jump Original. Assim como era de se esperar, as qualidade peculiares de Oda também brilharam nessa obra. Inclusive, a edição foi tão elogiada no Japão, que mais tarde, em 1998, foi reimpressa em uma compilação das histórias que Oda fez antes de One Piece. Quanto ao enredo, aqui vemos a fantástica história de um homem chamado Bran. Dessa vez, o protagonista se trata de um batedor de carteiras que tenta corrigir seu hábito, mas falha constantemente. Entretanto, tudo muda quando Deus decide punir seu mal hábito. Porém, a inteligência de Bran também impressiona a divindade e a partir daí a narrativa se desenvolve. Guiada por muita inteligência, essa é uma das obras favoritas dos fãs de Eiichiro Oda.

4 - Ikki Yako: Night Parade of One Demon

Publicado na edição especial de primavera da Shonen Jump, esse one-shot volta a reforçar a impressionante criatividade de Oda. Muitos consideram essa história o melhor trabalho predecessor de One Piece do mangaká. Ademais, o enredo segue a história de Guko, um monge que viaja por uma floresta, procurando um lugar para passar a noite. Todavia, após ser atacado por um monstro, Guko descobre uma vila. Em seguida, nesse lugar, as pessoas ali insistem que ele mate o mesmo monstro que o atacou anteriormente. Sem outro lugar para ir, Guko acaba assumindo a tarefa e tenta pensar em uma maneira de realizar o trabalho.

3 - Monsters

Um ano após a publicação de Ikki Yako, Oda chegou com Monsters. No entanto, ao contrário de seus trabalhos anteriores, esse constitui uma parte de One Piece. Portanto, mesmo que não compartilhe a mesma linha do tempo da história de Monkey D. Luffy, a narrativa, de 1998, está inserida naquele universo. Por fim, nesse caso, somos apresentados à Ryuma, o samurai com o qual os fãs de One Piece já estão familiarizados. Portanto, vamos descobrindo que a fama do guerreiro transcende o país de Wano e atinge níveis mundiais. Porém, esse conto em especial relata o confronto de Ryuma com um poderoso dragão.

2 - Romance Dawn

Para aqueles que não sabem, publicado em 1996, Romance Dawn foi a versão inicial de um projeto de Oda, sobre o que acabou se tornando One Piece. Sendo assim, não é de se surpreender que muito do mangá original de One Piece seja realmente semelhante a esse one-shot. Ademais, como forma de inovação, esse trabalho chegou a ser adaptado para um anime. Apresentando a aventura de um menino de borracha, chamado Luffy, Romance Dawn mostra a aspiração do protagonista, em seguir os passos de seu ídolo: Shanks.

1 - Romance  Dawn: Versão 2

Romance Dawn: Versão 2 foi o último trabalho de Oda antes de ele finalmente criar One Piece, sendo considerado um protótipo para o mesmo. Coincidentemente, há pouco tempo ele foi adaptado para um episódio de anime devido a comemoração do vigésimo aniversário da versão animada de One Piece. Essa história segue Luffy, um garoto com poderes proporcionados pela Fruta do Diabo Gomu Gomu no Mi. No entanto, se hoje vemos Shanks como inspiração pirata do protagonista, nessa história o avô de Luffy desempenhava essa função. Além disso, esse avô - personagem protótipo de Garp - foi quem deu o Chapéu de Palha para Luffy. Embora a história seja curta, é incrivelmente satisfatória, e algo que todo fã de One Piece deve conferir.

Próxima Matéria
Via   CBR  
Imagens Shueisha
Letícia Dias
Trabalhando pra falar de super-heróis, filmes e séries em tempo integral | @letdiax
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+