• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


Estrela que está prestes a explodir poderá iluminar o céu terrestre por semanas

POR Cristyele Oliveira    EM Ciência e Tecnologia      19/01/20 às 17h26

Calma, não precisa de alarde. Não é como se a explosão inevitável dessa estrela fosse causar uma tragédia no nosso planeta. Mas os astrônomos já estão se preparando para uma possível explosão de uma estrela muito próxima. Quando isso acontecer, a estrela ficará visível para a Terra, durante dias e até semanas. A estrela em questão é a Alpha Orionis, conhecida popularmente como Betelgeuse. Essa é uma das estrelas mais brilhantes vistas da Terra, e chegou até a ser a 10° mais visível do nosso planeta. Ela é também a segunda estrela mais brilhante da constelação de Orion.

Como tudo na vida tem um fim, as estrelas também. E a supernova já está mostrando sinais de que está chegando ao fim do seu ciclo de vida. Astrônomos já vêm monitorando essa estrela há anos, mas, nos últimos meses, ela começou a escurecer muito rápido. Em dezembro do ano passado, a Betelgeuse passou de uma das 10 estrelas mais brilhantes visíveis a olho nu, para uma entre as 5 mil que podem ser vistas. O que já era totalmente esperado para essa supernova.

Fim de uma era

Edward Guinan, que é professor do Departamento de Astronomia e Astrofísica da Universidade Villanova, e sua equipe estão analisando o apagar da estrela. "Este parece ser o ponto mais fraco do brilho da estrela desde que as observações começaram", disse Guinan. "Planejamos continuar monitorando a estrela. Se a estrela continuar a seguir os períodos acima, o mínimo de luz deve ocorrer em breve".

Quando isso acontece, as estrelas implodem, entrando em colapso sob sua força gravitacional, até que ocorra uma grande explosão. "Como uma estrela fica sem combustível nuclear, parte da sua massa flui para o núcleo", explicou a NASA.

E quando o núcleo se torna muito pesado, e não pode mais suportar a sua própria força gravitacional, é quando ele desmorona. E isso resulta em uma grande explosão da supernova.

A estrela

As estrelas, para serem consideradas supernovas, precisam ser enorme. Especialistas estimam que o tamanho mínimo, para uma estrela ser considerada uma supernova, é de cerca de 15 vezes o tamanho do sol. E Betelgeuse cumpre bem esse requisito. A gigante supernova vermelha é cerca de 700 vezes o tamanho do sol.

Caso fosse inserida no sistema solar, seria capaz de consumir tudo ao seu redor, até o planeta Marte. Felizmente, a estrela está a 643 anos-luz do nosso planeta, o que significa que a Terra estará a salvo, quando ocorrer a explosão da supernova. No entanto, nós ainda poderíamos ver esse evento aqui da Terra, já que a luz seria tão intensa que seria possível vê-la até durante o dia, por algumas semanas. Depois disso, ela desaparecerá por completo.

Quando é exatamente que isso vai acontecer, nem os astrônomos sabem. No entanto, tendo em vista que ela vem perdendo o brilho gradativamente, não deve demorar muito.

A última supernova, que foi tão visível a olho nu como a Betelgeuse, veio em 1604. Ela nasceu quando a supernova de Kepler morreu, e produziu uma luz brilhante que ficou visível daqui, por três semanas.

Próxima Matéria
Cristyele Oliveira
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+