• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


Estudo prevê quantidade de crianças que poderão morrer por câncer até 2050 e resultado é assustador

POR Diogo Quiareli    EM Curiosidades      02/04/20 às 15h33

Todos nós tememos perder as pessoas que amamos. Infelizmente, na maioria das vezes, não há muito o que possamos fazer para evitar isso. Às vezes, o impacto é ainda maior, quando se tratam de crianças. Um estudo recente chamou a atenção de pessoas do mundo inteiro. Segundo ele, por falta de investimentos, 11 milhões de crianças poderão morrer de câncer até 2050. O relatório foi publicado no último dia 30, no periódico The Lancet Oncology. O estudo foi realizado por uma comissão formada por especialistas do mundo inteiro. O resultado deixou diversas pessoas reflexivas.

Segundo o documento, dessas 11 mil mortes de crianças, mais de 9 milhões (84%) devem ocorrer em países de baixa e média renda. Países esses onde os investimento em tratamento e diagnóstico ainda são bem baixos, o que pode acarretar em uma piora. "Por muito tempo, houve um conceito equivocado generalizado de que cuidar de crianças com câncer em países de baixa e média renda é caro, inatingível e inadequado. Isso, por causa das prioridades de saúde concorrentes. Nada poderia estar mais longe da verdade". Essa foi uma declaração de Rifat Atun, aprofessor da Universidade Harvard, nos Estados Unidos. Além disso, é copresidente da comissão.

Estudo a respeito das mortes de crianças

Embora nas últimas décadas, o tratamento e o diagnóstico do câncer tenham melhorado, as desigualdades no investimento e no acesso à assistência médica resultaram em disparidades mundiais na sobrevivência de crianças. O estudo realizado estima que 80% dos pequenos diagnosticados com câncer em países de alta renda vivem por mais de 5 anos. Já em países mais pobres, esse índice cai para menos de 30%. Na África Oriental, por exemplo, a taxa é de 8%.

Para fazer as estimativas, os autores usaram uma nova modelagem. Essa, pela primeira vez, leva em consideração as fraquezas dos sistemas de saúde. Com isso, é possível prever as estimativas nacionais e globais de incidência de câncer, sobrevivência e mortalidade de crianças de até 14 anos, em 200 países, até 2050.

Segundo o mesmo estudo, pelo menos, 13,7 milhões de crianças devem desenvolver câncer em todo o mundo. Isso entre 2020 e 2050. Mais de 10 milhões de todos esses casos devem ocorrer em países de baixa renda e cerca de 939 mil em países totalmente ricos. Além disso, desse total, 6,1 milhões de casos (45%) serão deixados sem diagnóstico e tratamento. No Sul da Ásia e no Sul da África subsaariana, a previsão é de que um em cada dois novos casos de câncer não serão detectados. Isso agrava ainda mais a situação. Esses números chocaram pessoas do mundo inteiro, que passaram a refletir sobre o sistema de saúde nos países.

E aí, o que você achou dessa matéria? Comente então pra gente aí embaixo e compartilhe com seus amigos, pois o seu feedback é extremamente importante para o nosso crescimento. Aproveite para fazer um tour pelas curiosidades do nosso site.

Próxima Matéria
Via   Revista Galileu  
Diogo Quiareli
Geminiano, 25 anos, goiano.
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+