• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


Estudo revela quais lugares do mundo terão guerra por causa de água

POR Mateus Graff    EM Ciência e Tecnologia      19/10/18 às 14h07

Quando você era criança, lembra que seus professores diziam que um dia o mundo ia ficar sem água e que sofreríamos as consequências? Pois é, parece que tal "profecia" já está acontecendo. No ano passado, por exemplo, 23% das cidades brasileiras sofreram com falta de água. Brasília foi uma das cidades que passaram pela crise hídrica, mas outras 250 cidades brasileiras enfrentaram o racionamento ou chegaram a estar com o sistema em colapso.

Se a gente achava que a falta de água iria acontecer em um futuro muito distante, parece que estávamos muito enganados. Segundo um relatório das Nações Unidas, publicado na semana passada, o mundo terá cerca de uma década para controlar as mudanças climáticas. Bom, como todo mundo sabe que é bem provável que a gente não controle tal situação, é melhor ir arrumando suas máscaras e armas, pois o mundo se tornará algo igual a Mad Max.

Uma nova pesquisa apontou quais lugares do mundo poderão haver guerra por causa de água e nós mostramos para vocês.

O estudo

O artigo mostra os pontos do globo onde "questões hidropolíticas" vão causar tensões, podendo chegar à guerras. Os autores do estudo (uma equipe do Centro Comum de Investigação da Comissão Europeia (CCI)), acha que os efeitos das mudanças climáticas, junto com tendências em curso de crescimento populacional, vão causar instabilidades regionais e inquietações sociais onde a água potável é escassa e onde nações fazem fronteira e precisa do recurso.

O estudo é uma tentativa de mostrar como a falta de água pode afetar populações de todo o mundo e criar um modelo para prever onde e quando as guerras pode causa de água podem começar. Os cientistas esperam que o estudo provoque conversas entre as pates envolvidas caso um dia chegue a esse patamar.

Um algoritmo estudou os episódios anteriores de conflitos por recursos aquático e acreditem, não são poucos. O algoritmo considerou água doce, estresse climático (dois cenários de emissão de gases do efeito estufa são considerados, um moderado e um extremo), tendências demográficas, pressão humana sobre o fornecimento de água e condições socioeconômicas, além de outros fatores.

Os lugares onde provavelmente terão conflitos

Para e equipe, os conflitos são mais prováveis de acontecer onde a água "transfronteiriça" está presente, como em um lago ou rio compartilhados. Lugares onde água doce é escassa, a densidade demográfica é alta, desequilíbrios de poder estão presentes e o estresse climático existe também serão áreas que vão correr riscos.

Abaixo vocês podem ver um mapa com as interações relacionadas à água — boas e ruins — provavelmente acontecerão nos próximos 50 a 100 anos.

No mundo todo, os pesquisadores descobriram que as temperaturas cada vez mais altas e o crescimento populacional aumentarão as chances de conflitos transfronteiriços entre 75% e 95% nos próximos 50 a 100 anos.

Um dos pesquisadores fez a seguinte afirmação: "Depende de quão preparados e equipados os países estarão para cooperar. Esperamos que nossa pesquisa possa ajudar nisso, aumentando a conscientização sobre os riscos para que as soluções sejam buscadas com antecedência."

O fato é que querendo você ou não, teremos um futuro um tanto sombrio. O que nos resta é tentar conscientizar o mundo de que é preciso fazer algo caso a gente queira deixar um mundo habitável para as próximas gerações.

Próxima Matéria
Mateus Graff
https://www.instagram.com/mateusgraff/ https://www.facebook.com/mateus.adjutomartinsgraff
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+