• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


Estudo sugere que a barba evoluiu para absorver socos na cabeça

POR Bruno Dias    EM Curiosidades      21/05/20 às 14h06

Já faz algum tempo que as barbas caíram novamente no gosto pessoal dos homens. Os homens passaram a deixá-las crescer e a ostentar um estilo mais rústico que a barba acaba agregando ao visual. Muios até dizem que a barba é a "maquiagem" do homem, já que consegue mudar o seu visual. E isso não é um grande absurdo.

É inegável o quanto uma barba pode mudar o visual de uma pessoa. Além de oferecer diversos outros benefícios para a saúde da pele como um todo. E nós, humanos, somos os únicos capazes de crescer fios de cabelo grandes no maxilar, bochechas e lábio superior. E isso, claro, tem suas desvantagens como por exemplo, atrai parasitas, pode interferir na comunicação, nas sensações e na transpiração.

Mesmo que a barba tenha essas desvantagens ela também tem seus pontos positivos. Uma equipe de biólogos da Universidade de Utah disse que a barba pode oferecer uma proteção, caso alguém desse um soco na cara de um homem barbudo.

Estudo

De acordo com os resultados experimentais, eles sugerem que a força de impacto de um golpe pode ser abafada um pouco pela pele grossa. E como bater em pessoas reais para fazer esse experimento seria antiético, os biólogos, Ethan Beseris, Steven Naleway e David Carrier, construíram uma cabeça falsa para socar.

"Descobrimos que amostras totalmente peludas eram capazes de absorver mais energia do que amostras sem pelos e aparadas. Por exemplo, o pico de força foi 16% maior e a energia total absorvida foi 37% maior no pêlo em comparação às amostras coletadas", concluíram os pesquisadores.

Isso aconteceu pela redistribuição de força dada pela penugem fibrosa que absorve o choque e, na verdade, desacelera um gerador e recebe apenas o suficiente para potencialmente salvar a mandíbula de uma fratura grave.

De acordo com a visão dos pesquisadores, isso é uma evidência de seleção natural em favor do crescimento da barba. E eles sugerem que outros animais, como os leões por exemplo, podem ter desenvolvido seus pelos longos para proteger o pescoço e mandíbula.

Barba

Mas ainda existem alguns pontos a serem analisados no estudo. Obviamente, existem diferenças entre um rosto barbudo e a pele de carneiro que foi usada para realizar o estudo, De certa forma, elas podem ser comparadas, mas o interessante seria fazer mais testes com alguma coisa que se assemelhasse mais as barbas humanas. Até porque elas podem variar na densidade.

Mesmo que um possível fratura na mandíbula seja uma coisa ruim existe uma consequência  mais mortal quando um soco é dado na parte inferior do crânio, que é o dano causado pela agitação do cérebro. E como a barba consegue alterar a transferência de energia no crânio ainda é uma questão em aberto.

Os pesquisadores querem analisar o efeito que as barbas tem sobre a precisão do soco. E também testar outras possibilidades como a de que mesmo um pouco de pelos faciais pode ajudar na hora de se proteger de um soco.

E pesquisas como essa podem nos aproximar da questão de como viramos verdadeiros macacos nus com uma propensão a socos desde que nós resistamos a essa tentação. Além do que, a barba humana é um quebra-cabeça que o próprio Darwin pensou e concluiu que parece um ornamento para encantar ou excitar o sexo oposto.

Próxima Matéria
Via   Science alert  
Bruno Dias
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você!

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+