icone menu logo logo-fatos-desconhecidos.png


Estudos dizem que bacon e salsicha aumentam o risco de câncer de mama

POR Mateus Graff EM Ciência e Tecnologia 04/10/18 às 15h39

capa do post Estudos dizem que bacon e salsicha aumentam o risco de câncer de mama

Considera-se carne processada qualquer carne que tenha sido modificada de modo a melhorar o seu sabor ou prolongar o seu prazo de validade. Querem exemplo de carnes processadas? Podemos citar duas coisas que a maioria das pessoas ama: salsicha e bacon.

Assim como são deliciosas, não é novidade nenhuma que as carnes processadas fazem muito mal à saúde. E infelizmente não temos notícias boas para vocês. Bom, segundo um estudo realizado, essas carnes processadas que fazem tão mal à saúde, podem aumentar os riscos do câncer de mama.

Carnes processadas e os riscos do câncer de mama

Estamos falando de um estudo feito pela equipe da Escola de Saúde Pública da Universidade de Harvard, nos EUA, onde os especialistas revisaram cerca de 15 estudos com dados de mais de um milhão de mulheres e suas dietas. Maryam Farvid, principal autora da análise, disse que "os trabalhos anteriores associaram o aumento do risco de alguns tipos de câncer ao maior consumo de carne processada, e essa metanálise sugere que o consumo também pode aumentar o risco de câncer de mama".

As carnes processadas têm sais e outros conservantes, isso é fato. Como citamos anteriormente, eles são usados para prolongar a vida dos alimentos, mas também para mudar o sabor e a textura. Ao fazer isso, eles interagem com a proteína da carne e podem formar compostos tóxicos que danificam as células do intestino.

Outros estudos fazem a mesma afirmação

Isso não foi mostrado apenas nesse estudo. Na verdade, estudos passados mostraram que a carne processada pode colaborar com a formação do câncer no intestino também. Só para vocês terem uma ideia, até a Organização Mundial da Saúde (OMS) classificou esse tipo de alimento como cancerígeno. Infelizmente, até agora não foi estabelecido a quantidade de consumo desse tipo de alimento que pode ser prejudicial.

Gunter Kuhnle, da Universidade de Reading, no Reino Unido, diz que "este novo estudo mostra que há um aumento de risco para o câncer de mama, mas ainda é menor se comparado com o câncer de intestino. No entanto, é importante notar que o câncer de mama e de intestino são os tipos mais comuns no Reino Unido, com quase 100 mil casos por ano, e pequenas mudanças para evitar o risco da doença têm um impacto enorme".

O que nos resta é evitar comer esse tipo de alimento, e caso escolhamos consumir, tentar reduzir a quantidade.


Próxima Matéria
avatar Mateus Graff
Mateus Graff
https://www.instagram.com/mateusgraff/ https://www.facebook.com/mateus.adjutomartinsgraff
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você!

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Confira nosso Pinterest