icone menu logo logo-fatos-curiosos.png


EUA investiga se o COVID-19 saiu de um laboratório de Wuhan

POR Bruno Dias    EM Curiosidades      17/04/20 às 15h13
capa do post EUA investiga se o COVID-19  saiu de um laboratório de Wuhan

Nós estamos vivendo a pandemia do coronavírus, que está deixando todas as pessoas bastante assustadas e surpresas. O COVID-19 surgiu em Wuhan, na China. E por causa de sua intensidade e capacidade de matar as pessoas, o mundo todo está passando por uma situação bastante delicada. E todos estão em estado de alerta.

A situação já se tornou uma emergência de saúde pública global, com novos casos da doença a cada dia. Por ser um vírus mortal, as autoridades de todo mundo estão se mobilizando. Elas querem conter o surto e identificar toda a rota do coronavírus. Enquanto uma vacina para a doença ainda não fica pronta, a principal preocupação agora e evitar o contágio da doença.

O contágio por esse vírus se espalhou por todo mundo muito rapidamente. E como ele surgiu "do nada", muitas questões foram levantadas a respeito dele. Até algumas teorias da conspiração, que apontavam que o coronavírus teria sido criado em laboratório.

Investigação

E o governo dos EUA parece não ter descartado a hipótese de o coronavírus ter sido sim feito em laboratório, na cidade chinesa de Wuhan. Por isso, ele pediu uma "investigação" para determinar a origem do vírus que já matou mais de 137 mil pessoas no mundo todo.

"Estamos conduzindo uma investigação exaustiva sobre tudo o que podemos saber sobre como vírus se propagou, contaminou o mundo e causou essa tragédia", declarou o chefe da diplomacia americana, Mike Pompeo.

O homem foi questionado a respeito de um artigo do Washington Post que dizia que a embaixada dos EUA em Pequim tinha feito um alerta ao Departamento de Estado dois anos atrás sobre medidas de segurança insuficientes em um laboratório de Wuhan. Esse laboratório estava estudando o coronavírus em morcegos.

Pompeo também foi questionado sobre as informações da Fox News. Que segundo "várias fontes", elas pensavam que o novo coronavírus tinha saído desse laboratório. Mas que ele era um vírus natural e não patógeno que tinha sido criado pelos chineses. Ainda de acordo com essas fontes, o vírus teria "fugido" pela segurança ruim do laboratório.

O chefe da diplomacia não engou nenhuma das informações. Além de Pompeo, o presidente americano também foi questionado sobre a crise da saúde. O presidente respondeu de forma evasiva e afirmou que essa situação horrível quee stamos vivendo deve ser objeto de algum "teste muito profundo".

"Posso dizer que cada vez mais estamos conhecendo um pouco mais desta história. Vamos ver", respondeu.

Origem

Segundo especialistas, o novo coronavírus apareceu no fim de 2019 em um mercado de Wuhan onde animais, como morcegos, são vendidos vivos. Esse vírus de origem animal poderia ter sofrido mutações e ter sido transmitido para os seres humanos.

Mas a tese que a Fox News divulgou é um pouco diferente dessa. O secretário de Estado não confirmou essa tese, mas fez declarações. "O que sabemos é que este vírus nasceu em Wuhan, China. O que sabemos é que o Instituto de virologia de Wuhan está a alguns poucos quilômetros do mercado", pontuou.

As declarações da Fox News não foram bem recebidas por Zhao Lijian, porta-voz do Ministério das Relações Exteriores da China. Ele repeliu a notícia e alegou que a Organização Mundial da Saúde (OMS) confirmou que não existem evidências de que o novo coronavírus tenha sido feito em laboratório.

"Muitos especialistas médicos conhecidos no mundo também acreditam que a suposta hipótese sobre um vazamento de laboratório não tem base científica", afirmou em entrevista coletiva.


Próxima Matéria
Via   Uol  
Imagens O globo Uol
avatar Bruno Dias
Bruno Dias
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você!

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Confira nosso Pinterest