• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


FBI revela que este homem é o maior assassino em série da história dos EUA

POR Jesus Galvão    EM Curiosidades      09/10/19 às 17h14

Desde 2012, Samiel Little, de 79 anos, cumpre pena de prisão perpétua pelo assassinato de três mulheres. No entanto, recentemente, o Federal Bureau of Investigation ou, Departamento Federal de Investigação dos Estados Unidos, mais conhecido como FBI, confirmou que Little, após confessar alguns de seus crimes, se tornou o maior assassino em série da história do país.

Ao todo, o septuagenário, ao longo de quatro décadas, cometeu 93 assassinatos. De acordo com a polícia norte americana, entre 1970 e 2005, Little foi responsável por ao menos 50 mortes. Um alvo comum do assassino em série eram mulheres marginalizadas pela sociedade. Principalmente as mulheres negras e em situação de vulnerabilidade. Muitas delas eram profissionais do sexo ou usuárias de drogas.

O idoso é ex-pugilista, e devido a sua habilidade motora, Little distribuía socos em suas vitimas antes de estrangulá-las. Portanto, não era incomum que suas vitimas não apresentassem sinais de que haviam sido brutalmente assassinadas. O mais pesaroso é que, provavelmente, pela condição das vítimas, muitas dessas mortes sequer foram investigadas pelo FBI.

"Sem marcas de facadas ou ferimentos de bala, muitas dessas mortes não foram classificadas como homicídios, mas atribuídas a overdoses, acidentes ou causas naturais", informou o órgão federal em um relatório no ano passado. Além do mais, muitos corpos das vítimas de Little nunca foram encontrados.

De acordo com algumas publicações, em importantes jornais do mundo, como o The Washington Post e o The New York Times, o criminoso se aproximava das vítimas e conquistava sua confiança. Posteriormente, elas eram estupradas e estranguladas. Beth Silverman, promotora de justiça, afirmou que as motivações dos crimes eram de natureza sexual.

O maior assassino em série dos Estados Unidos

Curiosamente, Little parece se ofender quando chamado de estuprador. O assassino chegou a alegar possuir disfunção erétil. Porém, durante as investigações, a polícia encontrou sêmen nos corpos e roupas de suas vítimas. Por outro lado, Silverman contou ao The New York Times que, pela forma como ele agia, muito provavelmente, Little se satisfazia sexualmente ao estrangular suas vítimas.

Em comunicado, feito na última segunda-feira, 07/10, o FBI disse que as confissões de Little "são críveis". "Por muitos anos, Samuel Little acreditou que não seria pego, porque achava que ninguém estava prestando atenção às suas vítimas", disse a analista de crimes, Christie Palazzolo. "Mesmo que ele já esteja na prisão, o FBI acredita que é importante fazer justiça para cada vítima, concluir todos os casos possíveis".

Agora, o Departamento Federal de Investigação dos Estados Unidos se empenha em apurar os outros 43 casos, que Little confessou ter cometido. Alguns crimes, cometidos nos estados do Kentucky, Flórida, Louisiana, Nevada e Arkansas, foram divulgados pelo órgão. Isso, na esperança de que as vítimas possam ser identificadas.

Entre os materiais divulgados pelos agentes federais, estão inclusos desenhos das vítimas, feitos por Little na prisão. Além de vídeos de entrevistas com o assassino, onde ele descreve alguns dos assassinatos em detalhes. De acordo com a polícia, o idoso possui lembranças bastante apuradas de seus crimes. Porém, as datas acabam se embaralhando, o que dificulta a investigação.

O FBI ainda afirmou que Little ao falar de seus crimes não esconde uma certa empolgação, além de não demonstrar o menor sinal de remorso. "Deus me fez dessa maneira, então por que eu deveria pedir perdão?", disse ele à policial Crystal LeBlanc. "Deus sabia de tudo que eu fazia".

Então pessoal, o que acharam da matéria? Deixem nos comentários a sua opinião. Posteriormente, não esqueçam de compartilhar com os amigos.

Próxima Matéria
Jesus Galvão
Goiano, Canceriano e Publicitário.
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+