• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


Filhotes de Tiranossauro Rex poderiam ser bem diferentes do que acreditamos

POR Diogo Quiareli    EM Curiosidades      08/03/19 às 16h08

A pré-história é ainda um período bastante misterioso. Mesmo com diversos estudos e profissionais empenhados em descobrir mais sobre essa época, há sempre uma novidade envolvendo o nosso mundo na era dos dinossauros surgindo. Os dinossauros predominavam e habitavam as terras. Graças aos estudos, conhecemos uma grande variedade de dinossauros que existiram e alguns com mais popularidade do que outros. No entanto, apesar de terem existido vários tipos, o Tiranossauro Rex de longe é o mais popular e também o mais admirado nos dias de hoje. Sempre presente nos filmes e produções envolvendo a pré-história, esses dinossauros acabam roubando a cena por causa do seu tamanho e sua ferocidade.

No entanto, você já imaginou como seria um filhote desse imenso predador do passado? Acredite, eles poderiam ser muito diferente do que você provavelmente imaginou a vida inteira. Os bebês dessa espécie de dinossauro possivelmente eram pequenos e bastante felpudos. Os cientistas acreditam que esses filhotes mediam o tamanho de um peru bem magro e seu corpo era coberto por penas. Além disso, provavelmente quando eles atingiam a vida adulta, mantinham algumas penas na parte superior da cabeça e na cauda. Essas são algumas das descobertas recentemente apresentadas na "T. rex: The Ultimate Predator", a nova exposição do Museu Americano de História Natural, em Nova York.

Os Tiranossauros poderiam chegar aos 20 anos de idade com uma altura de 3,6 a 3,9 metros do chão aos quadris. O comprimento dos seus narizes até a cauda poderia atingir até 13 metros. O seu peso variava entre 5,5 e 8 toneladas no total. Acredita-se que eles cresciam de forma rápida, podendo ganhar 3 quilos por dia durante 13 anos. Acredita-se que os primeiros tiranossauros apareceram há cerca de 167 milhões de anos, 100 milhões de anos antes do conhecido Tyranossaurus rex aparecer.

Os antepassados eram ainda menores, mais rápidos e tinham braços maiores do que o normal. Quando ainda eram filhotes, a relação entre os membros e o restante do seu corpo não era algo tão desproporcional. Sendo assim, eles eram capazes de agarrar presas como faziam os tiranossauros mais antigos. Os dinossauros pequenos poderiam ser muito fofos, mas jamais fracos. Quem vê aquela imensidão de ferocidade, jamais imagina que os animais realmente sejam assim em sua fase inicial de vida. Estudiosos não abandonaram os estudos e continuam em busca de mais informações sobre esse animal e, é claro, sobre o período pré-histórico como um todo.

E aí, o que você achou dessa informação? Comenta pra gente aí embaixo e compartilhe com seus amigos em todas as redes sociais. É sempre válido lembrar que o seu feedback é extremamente importante para o nosso crescimento e essa interação é o que nos motiva a trazer sempre novos conteúdos. Se você gosta de assuntos como este, faça uma busca em nosso site, aqui você poderá encontrar uma grande quantidade de matérias envolvendo esses animais e esse período. Utilize a barra de pesquisa que está localizada no canto superior da nossa página inicial e divirta-se. Use também as categorias do lado esquerdo e mergulhe em um vasto oceano de curiosidades e testes de vários tipos.

Próxima Matéria
Via   Revista Galileu  
Diogo Quiareli
Geminiano, 25 anos, goiano.
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+