• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


Filme de Breaking Bad quase teve um final completamente diferente

POR Letícia Dias    EM Notícias      17/10/19 às 13h14

Após conseguir, com êxito, apresentar um encerramento à altura da aclamada produção da AMC, Vince Gilligan resolveu dar continuidade à história de Jesse Pinkman. Dessa vez, o ex-aluno de Walter White e também seu braço direito, seria o protagonista de sua própria narrativa. Embora normalmente a continuidade de um sucesso seja motivo de preocupação, Gilligan sempre foi considerado um roteirista genial. Logo, os fãs mal podiam esperar para ver o que o criador do incrível universo de Breaking Bad tinha para apresentar. Porém, ao contrário esperado, o anúncio não antecedeu  início da produção. Na verdade, ele foi precedido por sua conclusão. Segundo relatórios, quando Aaron Paul, estrela do projeto, confirmou os rumores sobre um filme baseado na série, o mesmo já havia sido concluído. Em suma, as filmagens aconteceram em 2018, na cidade de Albuquerque, no Novo México

Foi assim que El Camino: A Breaking Bad Film chegou até nós. Após vários trailers, provocando o rumo que a narrativa de Pinkman tomaria, no dia 11 de outubro, o longa produzido, dirigido e roteirizado pelo próprio Gilligan, foi disponibilizado na Netflix. O título da obra faz referência a um Chevrolet El Camino. Com efeito de lembrar do veículo que Jesse é visto dirigindo quando foge do quartel dos neonazistas. Sim, aquele que aparece em Felina, o último episódio da série. O longa tem sido descrito como "tão formidável quanto os melhores episódios de Breaking Bad" e "um epílogo visceral e satisfatório". No entanto, o final de Jesse quase foi totalmente diferente daquele que vimos

A revelação do final alternativo de El Camino

Julgando que, de acordo com Gilligan, Pinkman deveria ter morrido ainda na primeira temporada da série, é surpreendente ver o quão longe o personagem chegou. Como resultado disso, El Camino mostrou o protegido de White assumindo uma nova identidade no Alasca, como Ed, um vendedor de aspiradores. Embora esse seja um final pacato desejado por quem já foi altamente afetado pela agressividade do agitado mundo das drogas, vale dizer que, originalmente, Gilligan possuía algo maia sombrio em menteEm uma entrevista ao Vulture, Gilligan falou sobre o final do El Camino. O cineasta compartilhou a ideia de uma conclusão diferente que ele havia considerado. 

"Eu gosto de ironia em contar histórias. Eu amo reviravoltas irônicas. Depois que comecei a desenvolver esse filme, durante muito tempo, pensei que o que mais queríamos ver era Jesse escapar. E o que ele mais queria era escapar. Então, eu estava tentando inventar uma trama na qual, sendo o herói que ele é, ele salva outra pessoa. Alguém que eu teria introduzido como um novo personagem no filme. Como ele é um personagem tão heroico em minha mente, ele salva alguém no final do filme e, por vontade própria, é pego sabendo que isso salvará essa outra pessoa. No final do filme, ele estaria trancado em uma cela, em algum lugar de Montana ou algo assim. E ele estaria em paz com isso", disse o diretor. 

E então, o que você achou da ideia? Qual final seria melhor? Acha que existe futuro para um spin-off da serie, Compartilhe sua opinião com a gente. Compartilhe sua opinião com a gente.

Próxima Matéria
Via   SR  
Imagens Netflix
Letícia Dias
Trabalhando pra falar de super-heróis, filmes e séries em tempo integral | @letdiax
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+