Fim do universo estendido? DC deve mudar a continuidade dos seus filmes

POR Gabi Noronha    EM Notícias      29/09/17 às 14h15
foto de destaque

Com Homem de Aço a DC Entertainment deu início ao seu universo cinematográfico unificado. Ao menos esse era o plano. Dando continuidade ao projeto, logo veio Batman vs. Superman: A Origem da Justiça. O filme mostrou pela primeira vez a Trindade em cena e abriu caminho para Liga da Justiça. Contudo, o longa não foi bem recebido pela crítica e uma parte dos fãs. A tentativa da Warner/DC em fazer um mundo estendido com seus heróis foi altamente atacada. Por um tempo a capacidade do estúdio em criar uma boa produção do gênero foi duramente questionada. Até o lançamento de Mulher Maravilha este ano.

A heroína quebrou todos os recordes da Warner/DC e mais alguns em geral. O filme teve grande aceitação da crítica especializada e do público. Com isso, a empresa pegou mais fôlego. Contudo, Mulher Maravilha é uma produção à parte da cronologia estabelecida nos três filmes anteriores do estúdio. Com exceção, claro, da pequena cena no início e fim da projeção. Diana teve sua devida apresentação dentro do universo no cinema e está pronta para reaparecer em tela com Liga da Justiça.

O filme chega aos cinemas no final de novembro e vem cercado de rumores. Toda semana um boato diferente entorno da produção, especialmente envolvendo Ben Affleck e seu papel como Batman. Liga da Justiça sofreu algumas alterações na equipe técnica e passou por refilmagens. Depois de certos perrengues, sua pós-produção já está encerada. No entanto, o filme tem sofrido bastante retaliação sem nem mesmo ter estreado nos cinemas. Toda essa situação tem feito a Warner Bros. e a DC Entertainment repensar a continuidade de seu universo heroico nas telonas.

O futuro incerto

O site Vulture reportou que os executivos da DC têm repensado o plano do universo estendido nos cinemas. Em vez de tentar seguir o mesmo caminho que a Marvel Studios, eles querem focar em histórias individuais. "Seguindo em frente, nossa intenção é certamente usar a continuidade para ajudar a garantir que nada fique diferente de uma maneira que não faz sentido. Mas não há insistência em uma linha global de história ou interconectividade nesse universo", afirmou Diane Nelson, presidente da DC Entertainment.

O curioso é que a nova ideia se deve justamente ao grande sucesso de Mulher Maravilha. Se tem uma coisa que a DC já provou saber fazer bem é aprender com os erros. Se por um lado Batman vs. Superman rendeu enorme bilheteria, por outro foi quase apedrejado pela crítica. A intenção de mostrar os grandes heróis da editora reunidos não foi bem sucedida. Enquanto isso, Mulher Maravilha foi feliz tanto nas bilheterias quanto no agrado geral. O filme é um solo da heroína e em toda sua projeção ele apenas faz alusão a Bruce Wayne.

"Mulher Maravilha não é um filme sobre outro filme. Algumas produções conectam os personagens, como Liga da Justiça. Mas com Aquaman nosso objetivo não é esse", revela Geoff Johns. A presidente da DC Entertainment Diane Nelson ainda acrescentou que a DC pretende dar aos seus cineastas mais liberdade para desenvolver seus próprios mundos. Assim como eles têm feito com Patty Jenkins. "Mais para frente, você verá o universo DC ser um universo, mas um que vem do coração dos cineastas que os criaram", finaliza.

O que acha dessa revelação? Acredita que os futuros filmes da DC podem funcionar dessa maneira? Ou acha que segregação não é a resposta? De qualquer forma, não deixe de compartilhar sua opinião com a gente.


Ei Fatos, não deixe de conferir:

2 SINAIS QUE FALTAM PARA JESUS VOLTAR - E SE FOR VERDADE

Próxima Matéria
Via   CB     Looper  
Imagens Looper JLM
avatar Gabi Noronha
Gabi Noronha
Resumindo, é basicamente isso! Para mais aventuras Instagram: @gabinoronhaf Para comentários aleatórios e breves análises Twitter: @gabinoronhaf
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.

Matérias selecionadas especialmente para você!

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+