• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


Foi registrado o primeiro caso de transmissão sexual de dengue no mundo

POR Jesus Galvão    EM Ciência e Tecnologia      11/11/19 às 22h26

Autoridades de saúde da Espanha confirmaram o caso de um homem, que acabou contraindo dengue através do sexo. Sendo este o primeiro caso do mundo, deste modo de transmissão, para um vírus que se pensava apenas ser transmitido através dos mosquitos.

O caso em questão ocorreu com um homem, de 41 anos, de Madrid. De acordo com Susana Jimenez, do Departamento de Saúde Pública de Madrid, ele contraiu dengue depois de ter relações sexuais com seu parceiro. O cônjuge do espanhol contraiu o vírus, depois de ser picado pelo mosquito transmissor, durante uma viagem à Cuba.

Tudo foi confirmado em setembro de 2019, e deixou muitos membros da comunidade médica intrigados. Isso porque ele não viajou para um país onde a dengue, que causa febre alta, erupções cutâneas e dores musculares e articulares, é comum.

"Seu parceiro apresentou os mesmos sintomas que ele, mas mais leves, cerca de dez dias antes, e ele já havia visitado Cuba e a República Dominicana", disse Jimenez. "Foi realizada uma análise de seus espermatozoides. Posteriormente, se revelou que eles não apenas tinham dengue, mas que era exatamente o mesmo vírus que circula em Cuba".

Ainda de acordo com Jimenez, um outro 'provável' caso de transmissão de dengue por relações sexuais entre um homem e uma mulher foi objeto de um recente artigo científico na Coreia do Sul.

O Centro Europeu de Prevenção e Controle de Doenças (CEPCD), com sede em Estocolmo, que monitora a saúde e casos de doença na Europa, informou que esse era "a nosso conhecimento, a primeira transmissão sexual do vírus da dengue entre homens que fazem sexo com homens".

Transmissão

A dengue é transmitida pelo mosquito Aedes Aegypti, que vive em regiões tropicais e subtropicais, densamente povoadas. O inseto se reproduz em água parada e é responsável pela morte de aproximadamente 10.000 pessoas por ano, infectando mais de 100 milhões.

Apesar da doença ser fatal apenas em casos mais extremos, seus sintomas são extremamente desagradáveis. Pessoas infectadas com o vírus, pela segunda vez, têm um risco significativamente maior de desenvolver tipos mais graves da doença.

A dengue também resulta em prejuízos econômicos aos países nos quais ela incide fortemente. Isso porque os pacientes ficam incapazes de trabalhar. Além disso resultar em superlotação dos serviços de saúde, em épocas de surto da doença.

Basicamente, a doença é mais grave e mortal para as crianças, especialmente as meninas. Entretanto, os cientistas ainda não sabem explicar exatamente o porquê. A dengue é uma doença muito comum em regiões mais quentes como o Sudeste Asiático, África, Austrália, Caribe, América do Sul e Central.

A prevenção é, atualmente, a principal tática de controle da doença. Além do mais, existem quatro tipos de vírus da dengue. O que dificulta o desenvolvimento de tratamentos para a mesma. No início de 2019, pesquisadores anunciaram que nos próximos 60 anos, é bem provável que a dengue se espalhe por grande parte do mundo. Além de que, a dengue ameaçará 60% da população mundial até 2080.

Então pessoal, o que acharam da matéria? Deixem nos comentários a sua opinião. Posteriormente, não esqueçam de compartilhar com os amigos.

Próxima Matéria
Jesus Galvão
Goiano, Canceriano e Publicitário.
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+