• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


Fotógrafa registrou a vida de africanos albinos que vivem isolados por medo de feitiçaria

POR Mateus Graff    EM Entretenimento      26/06/17 às 18h33

Em vários lugares do mundo ser albino é raro, porém, as pessoas conseguem ter uma vida social completamente norma. Para vocês terem uma ideia de como essa condição é rara, apenas 0,005 por cento da população humana tem essa condição. O albinismo é causado pela mutação genética que afeta a produção de melanina, porém, em alguns lugares o albinismo é visto de forma completamente diferente. Desde os tempos antigos os albinos eram vistos como maus ou misteriosos, e até hoje isso acontece. Por falar em albinismo, vocês já leram a nossa matéria com os 20 animais albinos mais fantásticos do planeta?

A fotógrafa Jacquelyn Martim encontrou nas aldeias rurais da Tanzânia algumas pessoas com albinismo e que são vistas como verdadeiros vilões. O mais estranho é que lá eles são cobiçados por causa de seus ossos, pelo fato de superstições locais afirmarem que eles podem trazer riquezas. Martin documentou como é a vida protegida dessas pessoas albinas.

Lukia Dominic tem 50 anos de idade de vive no Kabanga Protectorate Center para albinos. Ela foi para esse lugar depois que ocorreram alguns assassinatos perto de sua aldeia.

Nessa imagem vocês podem ver adultos e crianças albinas se reunindo para um jantar.

Angel Salvatory tem 17 anos e foi para o Kabanga Protectorate Center com sua mãe e seu irmão. A mãe de Angel conta que o seu pai queria atacá-la desde que ela tinha 3 anos de idade por achar que seus ossos iam o deixar rico.

Esse é o dormitório das crianças no Kabanga Protectorate Center.

Essa é a Epifania Ezra de 16 anos de idade.

Essa é Musa, de idade desconhecida pois foi abandonada no Kabanga Protectorate Center.

Essa é Zainab Mohamed de apenas 12 anos de idade.

Maajabu Boaz tem 20 anos de idade e diz que carrega essas facas para ter segurança. Maajabu Boaz vive em uma aldeia no oeste da Tanzânia pois se recusa a se mudar para um centro.

Zawwia Kassim de 12 anos diz que seu sonho é ser professora.

Yonge de 4 anos, foi abandonado pelos pais no Kabanga Protectorate Center. Felizmente um reverendo da Tanzânia pretende adota-lo.

E aí, já sabiam que essas pessoas albinas precisavam ficar se escondendo? Comentem!

Próxima Matéria
Mateus Graff
https://www.instagram.com/mateusgraff/ https://www.facebook.com/mateus.adjutomartinsgraff
As categorias Terror, Sobrenatural, CreppyPasta e entretenimento têm como único objetivo de entreter. Não devem ser utilizadas como fontes de artigos científicos ou trabalhos escolares.
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+