• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


Funcionários de zoológico ficam pra trás, quase morrem, mas salvam todos os animais

POR Diogo Quiareli    EM Compartilhando coisa boa      07/01/20 às 01h19

O mundo está acompanhando, ainda desamparado, os incêndios florestais que devastam a Austrália. O país sofre com ventos fortes, temperaturas extremamente elevadas e uma vegetação bastante seca. Essas, inclusive, são as principais causas dos incêndios, que já duram três meses. As queimadas devastaram mais de três milhões de hectares no país, mataram dezenas de pessoas. Além disso, mais de meio bilhão de animais já morreu, por causa dessa situação. Esse é um dos piores incêndios no país, nos últimos anos. As temperaturas naturais no país ultrapassam 40 ºC, o que acarreta as queimadas, ainda mais com a baixa quantidade de chuva, que deixa a vegetação seca.

Por sorte, existem diversas pessoas e até empresas se empenhando para controlar a situação no país. Existem grupos de apoio aos humanos que foram atingidos por chamas ou que perderam seus pertences e moradias. No entanto, não apenas os humanos precisam desse apoio, mas também os animais. Por sorte, existem as pessoas, que pensam com carinho nesses seres e recentemente um grupo chamou a atenção por seu feito. Em meio aos incêndios mortais do país, um pequeno zoológico conseguiu salvar todos os animais. Isso só foi possível graças aos esforços dos funcionários.

Funcionários quase perdem a vida para salvar animais

O Mogo Zoo é responsável pela maior coleção de macacos na Austrália. Além disso, é o lugar que vários animais têm como lar. Isso inclui zebras, rinocerontes e até mesmo girafas. Quando o zoológico estava no caminho do grande incêndio florestal, os funcionários tiveram que agir. Foi aí que os guardas do lugar se desdobraram para manter os 200 animais do local em segurança. Embora a maior parte dos animais do zoológico esteja protegida, alguns macacos, pandas e até um tigre precisaram de alojamento, na casa de um dos guardas.

Foi emitida uma ordem de evacuação para New South Wales. Essa é a área onde o zoológico está localizado. No entanto, os funcionários optaram por ficar e proteger os animais, que moram naquele lugar. O diretor do zoológico, Chad Stapels, contou que a situação era "apocalíptica". O lugar ficou como se fosse o fim dos tempos. Diante da situação, tiraram primeiro tudo aquilo que era inflamável. Em seguida, deslocaram os animais. Os maiores, como leões, tigres e orangotangos, foram levados para quartos noturnos para ficarem calmos e protegidos.

Os pequenos animais precisavam de uma proteção maior. Foi aí que Chad decidiu levá-los para casa. "No momento, existem animais de todos os tipos em minha casa. Em todos os cômodos, há animais e eles estão seguros por lá. Não perdemos nenhum animal", disse. Segundo o diretor do local, os guardas se movimentaram depressa para combater as chamas chegando e tirar os animais. Foi um grande risco à vida de cada um deles, mas que no final valeu a pena. A notícia se espalhou pelo mundo e se tornaram verdadeiros heróis.

E aí, o que você achou dessa matéria? Comenta pra gente aí embaixo e compartilhe com seus amigos. Lembrando que o seu feedback é importante para o nosso crescimento.

Próxima Matéria
Via   Incroyable     G1  
Diogo Quiareli
Geminiano, 25 anos, goiano.
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+