• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


Gangorras foram construídas na fronteira entre os EUA e o México para crianças brincarem juntas

POR Jesus Galvão    EM Curiosidades      31/07/19 às 20h00

Três gangorras rosas foram instaladas em um trecho da fronteira entre os Estados Unidos e México. O equipamento foi montado pela equipe do arquiteto Ronald Rael e da designer Virginia San Fratello. Rael é professor de arquitetura, na Universidade da Califórnia, em Berkeley, e criou as gangorras nas frestas do muro que separa os países para, ludicamente, aproximar as famílias de ambos os lados da barreira.

Depois de sua instalação e de um vídeo publicado pelo ator mexicano, Mauricio Martinez, no Twitter, muitas pessoas se reuniram ao redor das gangorras. Entre elas, adultos e crianças. Por alguns momentos, a parede de metal, que tem sido construída para separar as duas nações, pôde ser esquecida. Dando lugar aos risos e à diversão.

As gangorras foram instaladas no trecho entre El Paso, no Texas, EUA, e Ciudad Juarez, no México. O projeto é muito poderoso justamente por sua simplicidade. A forma como é apresentado cria um verdadeiro contraste com a imagem criada das fronteiras, pelo caloroso debate sobre a imigração.

Entretanto, algumas pessoas, nas redes sociais, disseram ter visto um lado sombrio na instalação das gangorras. Enquanto para muitos o "brinquedo" era uma mensagem sobre igualdade e união, para outros, era um verdadeiro retrato de um futuro obcecado pela segurança.

O atual presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, desde que assumiu seu cargo, tem tentado vender a imagem da fronteira como um lugar sem lei. Que serve de porta de entrada para invasores que desejam causar danos ao país. O que já foi bastante criticado pela imprensa e por muitas pessoas ao redor do mundo. Porém, o fluxo de cidadãos comuns, que foram até o local se divertir nas gangorras, trouxe um novo olhar sobre a situação.

Além das barreiras

Virginia San Fratello, professora da Universidade Estadual de San Jose, na Califórnia, e uma das idealizadoras do brinquedo, disse que ela e Rael fizeram uma escolha muito consciente em combater a política altamente tendenciosa de Trump em relação à fronteira com algo muito simples: a alegria de um parquinho infantil.

Ainda de acordo com a dupla, o projeto foi criado muito antes do momento político atual do país. A ideia das gangorras surgiu após o Secure Fence Act, de 2006. Um ato do Congresso dos Estados Unidos que autorizou e parcialmente financiou a construção de 1126,54 quilômetros de cercas ao longo da fronteira mexicana.

"Frequentemente viajamos pelo sul da Califórnia, Arizona e Texas e vimos partes da parede sendo construídas ou reforçadas", disse San Fratello em uma entrevista. "Vimos como isso estava mudando a vida das pessoas. Vimos essa ruptura e queríamos pensar em cenários que uniriam as pessoas".

Em sua conta no Instagram, Rael fez uma post sobre a instalação das gangorras. Nele, o arquiteto afirmou que esta foi uma das experiências mais incríveis de sua carreira e de San Fratello.

"[Foi] um evento cheio de alegria, animação e união na fronteira. O muro virou literalmente o ponto de sustentação para as relações dos EUA com o México. Crianças e adultos foram conectados de forma significante em ambos os lados. Com o reconhecimento de que as ações que acontecem em um lugar devem ter consequências diretas do outro. Incríveis "obrigados" a todos que fizeram esse evento possível".

Então pessoal, o que acharam da matéria? Deixem nos comentários a sua opinião e não esqueçam de compartilhar com os amigos.

Próxima Matéria
Jesus Galvão
Goiano, Canceriano e Publicitário.
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+