icone menu logo logo-fatos-curiosos.png


Garoto da Indonésia foi pescar e acabou levando agulhada de um peixe

POR Bruno Dias    EM Curiosidades      28/01/20 às 22h29
capa do post Garoto da Indonésia foi pescar e acabou levando agulhada de um peixe

A pesca é uma atividade praticada pelas pessoas, desde a época dos índios. Os métodos podiam ser diferentes, mas o objetivo era o mesmo. Eles pescavam usando métodos bem tradicionais e pegavam peixes sem ter uma vara de pescar, por exemplo.

Quem nunca ouviu o ditado "tá nervoso? Vai pescar!". Ele existe porque a atividade de se sentar à beira de um lago, pegar a vara, jogar a isca na água e aguardar que um peixe mordisque sua armadilha, para puxá-lo é prazerosa para quem gosta.

Mas, às vezes, a pesca pode ser uma atividade perigosa. O adolescente indonésio, Muhammad Idul, contou como a força do peixe chamado de bicuda, ou agulha, o jogou para fora do barco e o empalou. Depois disso, o jovem nadou desesperadamente, até à praia para depois ir até o hospital, que estava cerca de 90 minutos de carro de onde ele estava.

O jovem, de 16 anos, ainda está vivo graças ao seu amigo, que teve um raciocínio rápido, aos cirurgiões e também aos pouco de sorte que ele teve.

Muhammad virou uma verdadeira estrela, depois que suas fotos com o peixe em seu pescoço viralizaram na internet. O menino deu uma entrevista à BBC da Indonésia, cinco dias depois do seu acidente. E nela, ele contou que a viagem era para ser somente uma pescaria com Sardi, um amigo de escola.

"O barco de Sardi partiu primeiro e depois fui para outro barco. A cerca de 500 metros da praia, Sardi acendeu a lanterna. Um peixe agulha saltou de repente da água e esfaqueou meu pescoço", lembrou.

Depois do ataque do peixe, Muhammad caiu do barco. O golpe foi bastante feio. As mandíbulas longas, delgadas e afiadas do peixe perfuraram o pescoço do jovem, desde embaixo do queixo, até na base do seu crânio.

Golpe

Para piorar a situação, depois de ter golpeado o jovem, o peixe ainda estava se debatendo e empurrando Muhammad na água, enquanto ele tentava escapar.

A foto do ataque pode ser bastante chocante para algumas pessoas. Então, se você quiser ver clique aqui. O jovem teve um instinto muito rápido. Ele pegou o peixe e o segurou com força, para tentar impedi-lo de piorar a lesão, que ele tinha causado.

"Pedi para Sardi ajudar. Ele me impediu de tentar remover o peixe, para evitar sangramentos", lembra.

Ele conseguiu nadar de volta para a praia, segurando o peixe de 75 centímetros de comprimento, em seus braços e ainda no seu pescoço. Então, o pai de Muhammad, Saharuddin levou seu filho às pressas, para o hospital de Bau-bau.

Os médicos do hospital conseguiam cortar o peixe, para que a cabeça dele ficasse separada do corpo. Mas eles não tinham os equipamentos para tirarem o bico dele do pescoço de Muhammad.

Para que o bico do peixe fosse tirado do jovem eles tiveram que viajar até o hospital provincial, em Makassar, capital de South Sulawesi. O espanto foi grande no hospital, quando o menino chegou com o seu pescoço perfurado.

De acordo com o diretor do hospital, Khalid Saleh, esse foi o primeiro caso do gênero. E para atender o jovem foi preciso cinco ter especialistas para remover o quer que tivesse do peixe. A cirurgia durou um total de uma hora.

Depois de cinco dias, Muhammad estava ansioso para ir de volta para sua casa. O pescoço do jovem está enfaixado e dói menos. Mas ele ainda não pode mexê-lo para direita.

"Estamos monitorando sua condição. Ele pode receber alta, em alguns dias, mas ainda não pode voltar para sua aldeia, porque precisa de mais exames", explicou Khalid.

Mesmo com o turma, Muhammad diz que não irá deixar de pescar. "Só preciso ter mais cuidado da próxima vez. O peixe-agulha não tolera a luz, foi por isso que pulou da água e me esfaqueou", explicou o jovem.


Próxima Matéria
Via   BBC  
Imagens Thailand
avatar Bruno Dias
Bruno Dias
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você!

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Confira nosso Pinterest