icone menu


Google cria tatuagem que transforma a pele em controle remoto

POR Bruno Dias    EM Curiosidades      23/07/20 às 14h27
capa do post Google cria tatuagem que transforma a pele em controle remoto

Uma das formas de modificação corporal mais usadas no mundo é a tatuagem. Ela é uma arte feita na pele humana com uma aplicação subcutânea com pigmentos que são injetados através de agulhas.

Existem as pessoas que amam e as que odeiam. As que são adeptas da tatuagem dizem que, depois que se faz a primeira, não se quer parar mais. Os registros das primeiras tatuagens são antigos. Já foram encontrados registros no antigo Egito. Da mesma forma que indícios de  desenhos sobre a pele também já foram encontrados em diferentes povos de culturas milenares. De maneira independente, esse tipo de manifestação artística foi surgindo em diferentes partes do mundo, até que de uma vez por todas, se popularizou nos dias de hoje.

Atualmente as tatuagens são muito comuns. Está se tornando difícil encontrar uma pessoa que não possua pelo menos um desenho ou uma frase em sua pele. Existem trabalhos incríveis, de tirar o fôlego de qualquer um. E com o avanço da tecnologia, a arte de tatuar também tem mudado.

E empresas que parecem não ter nada a ver com o mundo da tatuagem aparecem se relacionando com ele. Como por exemplo o Google. Depois deles terem lançado os óculos inteligentes, a gigante da tecnologia criou uma tatuagem que consegue transformar a pele da pessoa em um tipo de controle remoto.

O chamado "SkinMarks" é um projeto que tem como objetivo usar as tatuagens para controlar os aparelhos usando o próprio corpo.

Funcionamento

O SkinMarks está em desenvolvimento desde 2017. O projeto está sendo feito por pesquisadores da Universidade Sarre, na Alemanha, em parceria com o Google. E os primeiros protótipos dela já estão sendo testados.

Essas tatuagens inteligentes são temporárias, e usam uma tecnologia que funciona através de sensores que são acoplados ao corpo da pessoa. São eles que permitem que ela acione o mecanismo pelo toque ou outros gestos. Todo o método é explicado no vídeo.

Os sensores são colocados em partes articuladas do corpo. Mas o estudo também prevê que eles funcionem sendo colocados nas superfícies ósseas e pintas. Além também de colocá-los perto de um acessório como por exemplo, brinco, anéis e pulseiras. Para que a tatuagem temporária funcione também como um acessório. E para conseguir ativá-la a pessoa poderia girar o anel no dedo ou então mexer o bracelete.

Elas são feitas com uma tinta condutora de serigrafia em papel de tatuagem. Esses dispositivos são então selados termicamente para então serem inseridos no corpo.

Objetivo

O objetivo do Google com esse projeto é que a tatuagem facilite o uso da tecnologia. Principalmente levando em consideração que as pessoas estão sempre em movimento. Além também de substituir a necessidade de ficar olhando para o celular o tempo todo. O que pode melhorar a coordenação motora.

O projeto pode parecer uma coisa saída de um filme de ficção científica ou da série distópica "Black Mirror", mas o Google pretende continuar financiando as pesquisas alemãs. Até o momento, a tatuagem inteligente não irá ser uma invenção destinada ao público em geral como foi o Google Glass.


Ei Fatos, não deixe de conferir:

A câmera das meninas desaparecidas revela fotos arrepiantes e sem explicação

Próxima Matéria
Via   Vix  
avatar Bruno Dias
Bruno Dias
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.

Matérias selecionadas especialmente para você!

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+