• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


Há 3,2 bilhões de anos, o planeta Terra só tinha água e nenhum continente

POR Cristyele Oliveira    EM Ciência e Tecnologia      19/03/20 às 22h35

Hoje, a Terra é conhecida como planeta água por ter a sua maior parte composta de água. Isso já sabíamos. O que não sabíamos é que no começo, o planeta era somente água e não tinha nenhum continente. Essa foi a descoberta de um novo estudo da Universidade de Estadual de Iowa e da Universidade do Colorado. Quando a Terra ainda era jovem, há cerca de 3,2 bilhões de anos, ela era inteiramente coberta por água e não tinha terra.

Os pesquisadores chegaram a essa conclusão, depois de analisarem as amostras colhidas no noroeste da Austrália. Eles descobriram que a Terra, no começo de sua formação, era um vasto oceano. E que os continentes só surgiram tempos depois, em decorrência do movimento das placas tectônicas. Isso quando as massas rochosas despontaram até a superfície dos oceanos. Entenda melhor como os pesquisadores descobriram isso e como isso aconteceu na prática.

A pesquisa

A equipe de pesquisadores, liderada pelos professores de ciências geológicas Benjamim Johnson e Boswell Wing, examinaram a paisagem exuberante do outback australiano. Essa que é uma região predominantemente árida e não povoada da Austrália.

Nessa região rochosa, está preservado um sistema hidrotermal de 3,2 bilhões de anos, "com registro de toda a crosta oceânica, desde a superfície até o motor térmico que impulsionava a circulação", explica Johnson. Ele e sua equipe colheram mais de 100 amostras de sedimentos.

No antigo "fundo do mar", existiam diferentes tipos de isótopos ou versões de oxigênio. E a relação entre eles deveria ajudar os cientistas a entender as mudanças na temperatura do oceano há 3,2 bilhões de anos. Porém, os resultados da análise foram surpreendentes. Eles descobriram que, naquele tempo, os oceanos tinham mais oxigênio-18 do que oxigênio-16, esse que é mais comum atualmente.

Graças a modelos de computadores, os pesquisadores descobriram que, em uma escala global, a massa continental "filtra" oxigênio-18 dos oceanos. Assim, sem continentes, os oceanos teriam maiores quantidades desse isótopo. Ou seja, a taxa entre oxigênio-18 e oxigênio-16 aponta para um planeta sem continentes há 3,2 bilhões de anos.

A origem

Antes disso, há mais de 4,5 bilhões de anos, colisões em alta velocidade, entre poeira e rochas espaciais, formaram uma esfera de magma derretido. Esse viria a ser o planeta Terra como conhecemos. Naturalmente, depois de mil a um milhão de anos, o planeta esfriou e o magma originou os primeiros cristais de minerais em sua crosta.

Ao mesmo tempo, a água da Terra pode ser sido trazida para cá por meio de cometas gelados provenientes do sistema solar. Ou ainda pode ter chegado por meio de partículas de poeira que deram origem ao sol e outros planetas.

Quando o planeta era apenas um oceano quente de magna, vapor de água, os gases escaparam para a atmosfera.

"Depois choveram da atmosfera quando as condições esfriaram o suficiente. Não podemos realmente dizer qual é a origem da água a partir do nosso trabalho. Mas sugerimos que, seja qual for, ela estava presente quando o oceano de magma ainda estava lá", disse Johnson.

Próxima Matéria
Cristyele Oliveira
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você!

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+