• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


A história do casal canibal que matou mais de 30 pessoas na Rússia

POR Toni Nascimento    EM Curiosidades      02/10/18 às 14h57

A Rússia é um país exótico. Enquanto a Austrália é conhecida por possuir animais excêntricos e o Japão pela alta tecnologia, a Rússia é muitas vezes lembrada por certas histórias bizarras que por lá acontecem. Em 2017, uma dessas narrativas ganhou manchetes em jornais do mundo inteiro. O casal canibal ganhava os holofotes. Natalia Baksheeva, de 42 anos, e Dmitry Baksheev, de 35 anos, foram acusados de cometer canibalismo. Além de acusados de comer mais de 30 pessoas, eles também venderam carne humana para estabelecimentos alimentícios da região.

O casal foi preso diante da evidência de fotos tiradas de uma mulher morta pelos dois. Várias testemunhas afirmam que os dois fizeram tortas de carne humana para vender em restaurantes locais. Partes de corpos humanos foram encontrados na geladeira e no freezer do casal canibal de Krasnodar, no sul da Rússia.

Casal canibal

A prisão do casal começou quando Natalia Baksheeva convenceu o marido Dmitry Baksheev, conhecido por pessoas próximas como "Diabo", a matar Elena Vashrusheva, uma garçonete de 35 anos. Segundo o Comitê de Investigação Russa, a mulher canibal motivou o marido a cometer o crime devido a suspeita de que a vítima estava flertando com o seu marido. Segundo os dados policiais, Dmitry Baksheev possui problemas mentais, e não demorou até esfaquear a garçonete duas vezes no peito. Ela morreu na hora.

Após esse crime, alguns trabalhadores encontraram um celular perdido que continha fotos de um corpo humano desmembrado. Após a polícia pegar o celular e prender o casal, eles iniciaram uma investigação que descobriu que os assassinos haviam desmembrado o corpo da garçonete e feito várias fotos dos restos mortais guardados em freezer. Após acharem os pedaços dos corpos, chegarão à conclusão de que todas as amostras pertenciam à mulher morta.

Mais de 30 vítimas

Apesar da polícia possuir provas concretas de apenas dois assassinatos, acredita-se que o casal mata e comete canibalismo desde 1999, tendo matado mais de 30 pessoas. Segundo relatório policial, o casal atraia vítimas através de aplicativos de namoro online. Além dos restos da garçonete, foram encontrados na casa do casal um pote de restos humanos e 19 fatias de pele humana. Aparentemente, também encontraram uma imagem de 1999, mostrando uma cabeça cortada enfeitada com laranjas em uma mesa de jantar. Não está claro se a imagem está relacionada diretamente ao casal.

A CNN também afirmou em reportagem na época, que a polícia havia encontrado um frasco de vidro com uma mão enlatada. Até o momento, a investigação ainda está em aberto e em curso.

E aí, você já conhecia essa história bizarra? Conhece outras similares envolvendo crimes bizarros de canibal? Comenta com a gente e não deixa de compartilhar essa notícia nas suas redes sociais. E para você que também está com um pouco de medo agora, aquele abraço.

Próxima Matéria
Via   ati  
Imagens BN OG
Toni Nascimento
Nerd, mas principalmente amante do cinema. Mais em @nascimento_toni
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você!

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+