• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


Homem achava que tinha um filhote de cãozinho, mas teve uma surpresa selvagem

POR Erik Ely    EM Curiosidades      25/02/20 às 19h38

Após três anos, esse homem achava que tinha um filhote de cãozinho. No entanto, ele acabou descobrindo que tinha uma surpresa um tanto quanto selvagem. Depois de realizar a análise de DNA, especialistas confirmaram que se tratava de uma lobo-ibérico.

Além de recém-descoberto lobo-ibérico, a "cadela" também possuía três filhos de lobo. Dessa forma, depois de ler essa matéria, você vai checar direitinho, se seu animal de estimação é mesmo quem você pensa que é.

Sua cadela era um predador selvagem

Michel é um morador alemão da província espanhola de Ourense. Dessa forma, sua história de adoção de um cãozinho poderia teria sido completamente normal, se não fosse por um detalhe, ele havia adotado um filhote de loba. Além disso, ele conviveu com o animalzinho por três anos até descobrir a verdade.

Na época, Michel acreditava se tratar de um cachorro da raça cão-lobo-checoslovaco, já que o "animal de estimação" possuía toda a documentação de seu pedigree. No entanto, com o passar do tempo, os vizinhos passaram a suspeitar que o animal poderia não ser um cachorro. Mas sim, um lobo-ibérico. Por conta disso, um dos vizinhos chamou a Guarda Civil e em seguida, o Serviço de Proteção à Natureza (Seprona) iniciou as investigações.

Para a investigação, o Seprona coletou uma amostra biológica, para realizar a análise de DNA e determinar a raça do animal. Contudo, para choque do Michel, ele logo descobriria que estava cuidado de uma animal selvagem. De acordo com as evidências, o animal era um  Canis lupus signatus, ou seja, um lobo-ibérico.

Além disso, a loba possuía três filhotes híbridos, que também eram mantidos pelo cidadão alemão. No entanto, depois da descoberta, os animais foram entregues voluntariamente pelo proprietário. Dessa forma, desde janeiro desse ano, os quatro animais são responsáveis pelo Serviço de Patrimônio Natural do Ministério do Meio Ambiente da Xunta da Galicia.

Uma loba como animal de estimação

No caso, Michel não tinha como perceber que o animal era uma loba. Afinal, ele possuía documentação, e até mesmo, um chip de identificação. Entretanto, devido a semelhança, apenas o teste de DNA pôde revelar a verdade sobre o bichinho. "Começamos a coletar uma amostra biológica de natureza não intencional. Em seguida, começamos os estudos de DNA que analisam a composição genética da loba e categorizam sua raça", afirmou um representante do Seprona.

Essa subespécie do lobo-cinzento pode ser encontrada na Península Ibérica. Dessa forma, mais de 2000 lobos-ibéricos podem ser encontrados na região. E desse número, cerca de 300 podem ser encontrados somente na parte Norte de Portugal. Com tantos animais espalhados pela região, Michel não deu muita sorte na hora escolher um animal de estimação. De todo modo, ele deve ter sido passado para trás, na hora de adquirir o animal, e assim, sua documentação foi falsificada.

Enquanto adulto, uma loba-ibérica pode chegar a medir de 130 a 160 centímetros. Além de ainda pesar entre 25 a 35 kg. Além disso, o animal é temido em toda Europa. Ele também é conhecido por sua ferocidade e roubo de animais domésticos. Mesmo que Michel tenha se perdido de seu amigo, ele deu sorte porque a verdade foi descoberta antes que alguém se machucasse.

Próxima Matéria
Via   Qué!     Actualidad  
Erik Ely
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+