• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


Homem com chifre de 10 cm recebe ajuda médica na Índia

POR Renata G Pereira    EM Curiosidades      21/09/19 às 11h01

Recentemente, um fato inusitado aconteceu. Um homem apresentava, nada mais nada menos, que um chifre de 10 cm na cabeça. O indicano, Shyam Lal Yadav, morador da cidade de Sagar, passou por uma cirurgia, para que fosse feita a retirada da protuberância. Shyam é um agricultor indiano de 74 anos. O aparente chifre começou a crescer há 5 anos, quando o indiano caiu e machucou a cabeça. O que inicialmente parecia um galo, não diminuiu o tamanho. Pelo contrário, não parou de crescer.

O chifre, era formado basicamente por, queratina, que é uma proteína encontrada no cabelo e nas unhas. E como, inicialmente, Shyam não sentia nenhum tipo de incômodo, ele não procurou por ajuda médica. Isso só ocorreu, quando ele passou a chamar atenção, não parando de crescer. Depois de certo tempo, Shyam começou a também sentir dor e incômodo. E por isso, resolveu procurar especialistas para resolver seu problema. Antes de Shyam procurar por ajuda médica, ele ia ao barbeiro para que pudesse fazer uma espécie de poda em seu chifre. E assim, diminuir um pouco o seu tamanho.O chifre foi retirado, por neurocirurgiões, no Hospital Bhagyoday Tirth, na cidade de Sagar, na Índia.

Entenda a história por trás do chifre

O chifre cebáceo, ou cutâneo, é uma condição médica que consiste em uma saliência, ou protuberância, formada a partir do acúmulo de queratina. A queratina é uma proteína que compõe tanto o cabelo, quanto as unhas. A condição é conhecida como 'chifre do diabo'. Do mesmo modo, pode aparecer no rosto, nas costas das mãos e nas orelhas de pessoas mais velhas.

O neurocirurgião, Vishal Gajbhiye, foi o responsável a liderar a equipe médica que realizou a cirurgia em Shyam. O cirurgião comentou que: "Inicialmente, o paciente ignorou o calo sebáceo, já que não o incomodava. Mas quando o calo se enrijeceu e não parou de crescer, ele veio nos procurar". O profissional ainda acrescentou: "Esse tipo é raro e é conhecido como chifre do diabo".

Os médicos ainda não têm uma explicação científica sobre o porquê os chifres se desenvolvem ou sua causa.  Mas acredita-se que, a exposição à radiação e à luz solar podem influenciar o aparecimento dessa condição tão incomum.

Chifre do diabo

Aparentemente, o chifre do diabo trata-se de um fenômeno raro, porém, o caso de Shyam, não é o único.

Há alguns anos, a chinesa Liang Xiuzhen, de 88 anos, passou pelo mesmo quadro. Contudo, no caso dela, começou com uma verruga na testa, que foi crescendo. E após 10 anos, a verruga virou uma espécie de chifre. E por isso, Liang é conhecida como a mulher unicórnio. Os médicos não sabem ao certo sobre o que fazer no seu caso, mas, ao que tudo indica, o dela não pode ser retirado.

Assim como Liang, há outros relatos de outros casos surreais de pessoas que possuem chifre, com estas formações. Após a cirurgia, Shyam Lal Yadav teve que permanecer internado, por 10 dias, para tratamento e para se recuperar. Posteriormente, ele recebeu alta. Uma biópsia foi realizada no chifre retirado, e foi constatado que se tratava de um tumor benigno. O local operado, de onde foi retirado o chifre, receberá o tratamento adequado, para que não haja a possibilidade de que o calo cebáceo volte a crescer.

Então pessoal, o que acharam da matéria? Deixem nos comentários a sua opinião e não esqueçam de compartilhar com os amigos.

Próxima Matéria
Via       brnoticias     meio norte     correio braziliense  
Renata G Pereira
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+