• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


Homem desfigurado por choque elétrico recebe transplante de rosto e o resultado é incrível

POR Arthur Porto    EM Curiosidades      18/12/19 às 00h31

Quando tinha apenas 21 anos, o carro em que o norte americano, Mitch Hunter, estava colidiu com um poste eléctrico de 10.000 volts. O carro estava sendo conduzido por uma amiga de Hunter, quando ela perdeu o controle da direção e se chocou com o poste. O acidente ocorreu em uma estrada da Carolina do Norte. No acidente, Hunter recebeu 10.000 volts em um choque. Ou seja, uma força praticamente letal de energia elétrica. Devido ao acidente, o homem teve que fazer um transplante de rosto.

Momentos antes da colisão, Hunter empurrou a amiga, permitindo assim, que a garota se distanciasse da área do impacto. Em contrapartida, Hunter acabou sendo a vítima atingida. Confira toda a história a seguir.

Consequências

Por cinco minutos, o corpo de Hunter recebeu basicamente 10.000 volts. A carga de energia elétrica, da qual o jovem foi vítima em um curto período de tempo, o deixou irreconhecível. Seu rosto e suas mãos, partes do corpo para onde a energia mais fluiu, se transformaram totalmente.

Após o acidente, as crianças gritavam ao vê-lo. E mesmo após 20 operações corretivas, Hunter afirma que as crianças ainda agiam do mesmo modo, seja onde for. Dentre os procedimentos entre os que teve que passar, a maioria foi enxertos de pele, com foco nas pernas, nos braços e nas costas.

Em 2001, com o intuito de viver uma mudança drástica, uma mudança que o ajudasse a viver como uma pessoa normal, Hunter concordou em receber um transplante de rosto. Foi, nesse ínterim, uma das primeiras pessoas do mundo a passar por tal procedimento.

De acordo com informações disponibilizadas pela imprensa, na época, apenas 10 operações haviam sido realizadas em todo o mundo. Mas, ao que parece, apenas dois casos foram bem- sucedidos. Estes foram feitos nos Estados Unidos.

O procedimento para realizar o transplante durou mais de 14 horas. Uma equipe de 30 médicos trabalhou para anexar a nova face. Atualmente, já com 35 anos, e 14 anos após o acidente, Hunter é casado e tem um filho. Ele afirma que nunca se sentiu tão bem como se sente hoje.

Cinco anos depois da operação, Hunter deixou a barba crescer. Pouco se nota traços de deformação. Segundo Hunter, há marcas apenas em torno de seus olhos, onde ele ainda pretende passar por novos procedimentos cirúrgicos. "Olho para trás e vejo (o acidente) como algo que me fez mais forte. Me sinto tão saudável como quando eu tinha 21 anos".

Outros que passaram pelo mesmo processo

Até 2018, ao todo, já havia 40 pessoas no mundo que realizaram o mesmo processo que Hunter. A americana Katie Stubblefield, de 22 anos, era uma delas. Além disso, foi também a mulher mais jovem a receber um transplante de rosto, nos Estados Unidos.

Ao todo, para realizar o transplante, foram necessárias 31 horas de operação. Segundo os médicos, a primeira etapa foi bem sucedida. Entretanto, para atingir o desejado, Stubblefield deveria passar por novos procedimentos.

Em um ano, a jovem precisou enfrentar três cirurgias de revisão, terapias físicas, ocupacionais e de fonoaudiologia. Atualmente, ela precisa de muito esforço, para movimentar a face.

De acordo com a equipe médica, os nervos, que conectam o cérebro de Katie à musculatura do rosto, precisam de tempo para se desenvolver. A língua e a boca, por exemplo, ainda não funcionam como o esperado. Além disso, a jovem precisará tomar remédios imunossupressores, para o resto da vida.

Os remédios irão ajudar o corpo de Stubblefield a não rejeitar a face implantada. Em 2014, a jovem ficou com o rosto transfigurado, após tentar tirar a própria vida, com um tiro de fuzil no queixo. Ela tinha apenas 18 anos.

Próxima Matéria
Via   R7     R7  
Imagens R7 R7
Arthur Porto
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você!

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+