• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


Homem diz que macacos salvaram sua vida após ficar perdido na floresta amazônica

POR Diogo Quiareli    EM Mundo Animal      29/03/19 às 15h47

O mundo acompanhou o caso de Maykool Coroseo Acuña. O turista se perdeu na floresta amazônica e permaneceu desaparecido por nove dias. Ele afirmou que um grupo de macacos o ajudou a sobreviver, deixando para ele comida e levando-o a um abrigo com água. Maykool tem 25 anos e estava acampado no Parque Nacional Madidi, na Bolívia, próximo ao Rio Ruichi. Ele estava com a companhia de turismo Max Adventures quando se afastou do grupo e acabou se perdendo na floresta. A história de Acuña chamou a atenção do mundo, principalmente, após encontrarem o turista, pois as explicações foram em demasia curiosas.

Acuña desapareceu do seu aposento no acampamento durante uma noite de fevereiro, por volta das 20h30. Ele não deixou vestígios ao sumir. O diretor do do local, Marcos Uzquiana, disse que os guardas do parque não tinham certeza do que aconteceu durante o desaparecimento. Ele disse que alguém poderia estar mentindo. Ele estava com o grupo de turismo em uma área remota do parque nacional que só é acessível de barco. O lugar fica a quilômetros da cidade mais próxima. O proprietário da empresa, Feizar Nava, disse que Acuña havia se inscrito para um tour com os viajantes que ele conheceu um dia antes.

Esse grupo foi para a floresta para uma tarde de exploração com guias. Quando voltaram ao acampamento, Acuña se mostrava bastante animado, apesar de agir de forma estranha. Segundo Nava, o rosto do homem não parecia normal e sua animação era um tanto diferente. Ele se recusou no dia a participar de uma cerimônia "Pachamama", ou Mãe Natureza, com o restante do grupo. Essa tinha como finalidade agradecer a Mãe por deixá-los entrar na floresta. O grupo passou horas procurando por ele após o desaparecimento, mas não havia vestígios. Algumas pessoas estavam convencidas de que ele sumiu porque não participou da cerimônia, assim ofendendo a Mãe Natureza.

Xamãs espirituais foram convidados para o acampamento. Lá eles participaram de rituais na tentativa de encontrar Acuña. Chegaram a utilizar uma meia suja para tentar se conectar com sua alma. Os religiosos levaram diversos itens na esperança de ajudar a romper o domínio espiritual do local. No entanto, o que mais chamou a atenção foi a história de Acuña, quando este finamente foi encontrado. Ele contou que tinha sido salvo por macacos.

História dos macacos

O homem afirmou que um grupo de macacos o alimentou com frutas e lhe ofereceu abrigo durante nove dias. O seu abrigo era no interior da floresta. Muitos acreditam porque os macacos são como pessoas e agem de forma parecida. Segundo Maykool, o grupo de primatas o manteve vivo. Quando foi encontrado, Acuña estava cheio de mordidas e relatou que viveu com os macacos esse período. Além de levarem comida para ele, os animais teriam dado tudo que ele precisava para se manter vivo, incluindo água.

E aí, o que você achou dessa história? Comenta pra gente aí embaixo e compartilhe com seus amigos. Lembrando sempre que o seu feedback é extremamente importante para o nosso crescimento.

Próxima Matéria
Via   Dailymail     INSH  
Diogo Quiareli
Geminiano, 24 anos, goiano.
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+