• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


Homem faz live escalando o monte Fuji e registra seu próprio acidente

POR Arthur Porto    EM Curiosidades      31/10/19 às 15h03

No Japão, a polícia encontrou um corpo no monte Fuji, que poderia pertencer a um alpinista não identificado, que desapareceu recentemente. Em suma, o alpinista caiu enquanto transmitia sua subida ao famoso vulcão.

De acordo com o portal de notícias Japan Today, a polícia descobriu o corpo a uma altitude de cerca de 9.800 pés. Segundo a publicação do portal, o corpo foi encontrado próximo à sétima estação da rota de caminhada do Monte Fuji. As autoridades acreditam que esse é exatamente o local onde o alpinista estava, quando a fatalidade ocorreu.

Transmissão

A transmissão a qual retrata o terrível acidente, estava sendo feita ao vivo e foi transmitida via YouTube. No vídeo, intitulado "Vamos para o Monte Fuji", o alpinista, que se identifica como TEDZU, é visto caminhando pela trilha, coberta de neve, até a montanha.

Além disso, pelo vídeo, de acordo com a localização das nuvens, é possível perceber também a altitude a qual o indivíduo estava. "Estou subindo até o pico", diz o alpinista com respiração ofegante. Nesse mesmo momento, o indivíduo também reclama do frio que sente nos dedos. "Eu deveria ter trazido um protetor mais quente".

Enquanto continua subindo o monte Fuji, a ladeira, a qual desafia, se torna mais íngreme e, consequentemente, mais desafiadora. "Oh, este lugar é bem escorregadio, e está ficando cada vez mais perigoso", diz o alpinista, durante a transmissão ao vivo. "Estou tentando andar pelas pedras. Sim, há pedras. É uma ladeira bem íngreme".

Analogamente, é nesse momento que o alpinista parece perder o equilíbrio. "Espere", grita. "Estou escorregando". Em suma, tudo ocorre em uma questão de segundos. Rapidamente, o alpinista começa a cair. O vídeo captura alguns segundos de sua queda, antes que a transmissão seja interrompida.

Espectadores

Preocupados, os espectadores, que testemunharam a queda, notificaram as autoridades locais sobre o incidente. Logo em seguida, uma equipe foi enviada ao local. De acordo com Aiko Kishibata, assessora de imprensa da polícia da província de Shizuoka, equipes de resgate de Shizuoka e Yamanashi, ambos distritos do monte Fuji, estavam procurando o corpo do alpinista, desde o início desta semana.

Foi somente na quarta-feira à tarde, que as autoridades encontraram o corpo. Até o momento, a polícia ainda não conseguiu identificar o cadáver. De acordo com Kishibata, ainda é muito cedo para dizer se o corpo é, de fato, do alpinista que estava realizando a transmissão.

Além disso, é importante ressaltar também que o Monte Fuji está fechado para os alpinistas, desde setembro. Oficialmente, setembro é o mês no qual a temporada de verão, do popular ponto turístico, termina. Em contrapartida, mesmo fechado, as pessoas parecem encontrar uma maneira de escalar o monte.

As autoridades não incentivam ninguém a subir a montanha durante a entressafra, devido às condições perigosas. Entretanto, não há nenhuma lei explícita no Japão, que proíba os alpinistas de entrarem na área, durante essa época do ano.

Em suma, o Monte Fuji é um símbolo icônico do Japão. Embora não seja considerado tão perigoso quanto o Monte Kilimanjaro ou o Monte Everest, as encostas íngremes e o solo escorregadio tornam a escalada desafiadora, mesmo para alpinistas experientes.

Em 2017, sete pessoas morreram enquanto escalavam o Monte Fuji. Recentemente, em agosto deste ano, um alpinista russo, de 29 anos, foi morto ao ser atingido por uma pedra. As autoridades fecharam temporariamente a trilha de Yoshida, onde ocorreu o incidente.

Próxima Matéria
Via   ATI  
Imagens ATI
Arthur Porto
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+