• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


Homem viveu durante anos com dores de cabeça e tinha algo vivendo lá dentro

POR Erik Ely    EM Curiosidades      11/02/20 às 15h09

Durante anos, esse homem viveu com dores de cabeça. Contudo, ele descobriu que suas dores vinham de algo vivendo lá dentro. Para sua surpresa, as dores eram causados por larvas de tênia, que ocupavam um espaço considerável do seu cérebro.

Para se ter uma ideia, se ele tivesse esperado mais um pouco para procurar ajuda, ele poderia ter morrido. No entanto, o paciente, Gerardo Moctezuma, finalmente buscou ajuda, quando as dores de cabeça o fizeram desmaiar.

Uma dor de cabeça pode ser um sinal para problemas mais graves

Somente depois de anos sentindo dores estranhas, Gerardo Moctezuma buscou ajuda médica. "É muito intenso, muito forte, porque me fez suar de dor", disse Moctezuma. Aos 40 anos de idade, ele não esperava encontrar parasitas em seu cérebro. Contudo, muitas das vezes, a dor o fazia vomitar e por fim, um desmaio foi a certeza de que havia algo de errado em seu corpo.

Por meio de imagens de uma ressonância magnética, Moctezuma descobriu que seu cérebro estava sofrendo uma pressão que poderia ser fatal. Isso porque larvas de tênia que se alojaram no quarto ventrículo do cérebro, o estavam preenchendo com líquido cefalorraquidiano. "Chegamos a ele bem a tempo", Jordan Amadio, neurocirurgião do Centro Médico de Austin, no estado do Texas.

Sem demonstrar sintomas aparentes, o caso de Moctezuma era bastante raro. Contudo, através do exames foi possível diagnosticar a condição chamada neurocisticercose, que pode causar sintomas neurológicos quando os cistos larvais se desenvolvem no cérebro. De acordo com Centro de Controle e Prevenção de Doenças dos Estados Unidos, existem cerca de 1000 casos de neurocisticercose todos os anos no país.

De acordo com Amadio, o parasitou entrou no corpo de Moctezuma há mais uma década. Com isso, durante todo esse tempo, o homem conviveu com o verme dentro de seu corpo. "A maioria dos casos como esse não se apresenta dessa maneira", disse o médico. "Esses cistos podem crescer por vários anos no corpo. No entanto, nos casos em que esse problema é endêmico, vemos mais pessoas infectadas com essas larvas de tênia do que elas sabem", completou o Amadio.

Como se prevenir desse tipo de parasita?

Para remover a tênia, Amadio precisou abrir uma parte do crânio do Moctezuma. Contudo, a cirurgia foi um sucesso e o cisto foi removido por inteiro. Em pouco tempo, o paciente pôde se recuperar das dores de cabeça e voltar à rotina. No entanto, casos como esse, podem nos lembrar de que doenças assim são raras, mas não impossíveis de serem adquiridas.

Normalmente, tênis residem no intestino humano. No entanto, algumas podem se alojar em outros lugares. Além disso, o parasita é mais comum em pessoas que consume a carne de porco mal cozida. Isso porque os porcos são frequentemente hospedeiros intermediários da tênia. Também é possível encontra-lá em contato com comida, água e solo contaminado com ovos da tênia. Conforme Amadio recomenda, sempre é preciso lavar as mãos antes de comer. E claro, sempre procurar comer alimentos que você possa garantir que foram cozidos em condições adequadas.

Próxima Matéria
Via   CNN  
Imagens TV Nova CNN
Erik Ely
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+