• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


Imagens raras mostram píton engolindo crocodilo inteiro

POR Diogo Quiareli    EM Mundo Animal      20/06/19 às 14h13

O mundo animal é algo extremamente surpreendente. Por sorte, temos um imenso número de espécies e subespécies conhecidas e estudadas. Cada uma delas é natural de um lugar e habita determinada região. A existência dos animais depende do clima em que foram desenvolvidos, por esse motivo, é bastante complicado encontrar um nativo do gelo vivendo em países mais quentes, por exemplo. Estima-se que haja cerca de 8 milhões de espécies animais no mundo, embora apenas cerca de 1 milhão sejam descritas e catalogadas. Para manter o equilíbrio do meio, alguns se alimentam de outros. Para nós, seres humanos, parece algo cruel a se fazer, mas é totalmente comum. Recentemente, imagens de uma píton engolindo um crocodilo chocou o mundo.

Para quem não sabe, a píton, ou python, é uma espécie de cobra, pertence à família Pythonidae. Ela é comumente encontrada na Ásia e África. Nenhuma das serpentes desta família possuem dentes inoculadores de veneno. Isso não livra outro ser do perigo. Elas possuem presas afiadas e curvadas para dentro, facilitando agarrar sua presa. Ela medem em média de 4,5 a 6 metros de comprimento. Elas se alimentam de animais grandes, como capivaras ou até mesmo um boi inteiro. O mundo se surpreendeu com imagens de uma engolindo um crocodilo.

Píton Olivácea

As imagens foram feitas na Austrália. A cobra, em questão, é da espécie píton olivácea, a segunda maior da Austrália, ficando atrás apenas da píton esfoliante. Na região de Mt. Isa, em Queensland, ela foi vista devorando um crocodilo inteiro. De acordo com as reportagens, as imagens foram captadas pelo ativista da GG Wildlife Rescue, Martin Muller, que passava de caiaque pela região. Elas foram compartilhadas no Facebook e logo viralizaram, alcançado as redes de vários países.

"É comum para pítons devorarem presas muito maiores do que o tamanho de sua boca", disse Michelle Jones, porta-voz da GG Wildlife Rescue. Segundo o grupo, os animais lutavam no pântano quando foram 'encontrados'. Ainda não se tem informações a respeito do animal, embora se saiba que podem medir até 4 metros. O que mais chamou a atenção é que essa subespécie em si é conhecida por se alimentar de presas menores, como pássaros, morcegos e ratos.

Crocodilo de Johnstone

O crocodilo devorado é um australiano de água doce, mais conhecido como crocodilo de Johnstone. Eles não costumam ser pequenos e medem em média 1,5 metros da cauda até a ponta do focinho. Ambos animais são predadores em seu ambiente, de modo que as mesas podem virar para ambos os lados. Esses crocodilos também se alimentam de pítons menores. A serpente conseguiu se alimentar bem, pois suas mandíbulas se movem independentemente uma da outra. Isso permite que ela se movimente por inteiro quando precisa manobrar para comer.

Imagens do confronto

Uma vez engolido, a cobra deve começar o seu processo exaustivo de digestão do alimento. Um crocodilo desse tamanho pode levar meses para ser digerido totalmente. Todos os ossos, carne e órgãos serão digeridos pela serpente, embora evacuem as escamas e dentes primeiro, pois possuem uma alta quantidade de queratina e esmalte.

E aí, o que você achou dessas imagens? Comenta pra gente aí embaixo e compartilhe com seus amigos. Lembrando sempre que o seu feedback é extremamente importante para o nosso crescimento.

Próxima Matéria
Diogo Quiareli
Geminiano, 25 anos, goiano.
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+