• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


Isso é o que acontece quando um homem não lava suas partes íntimas por 24 anos

POR Leticia Rocha    EM Curiosidades      15/02/19 às 18h19

Talvez não seja de seu conhecimento, mas são mais de mil homens que têm o pênis amputado por ano, de acordo com a Sociedade Brasileira de Urologia (SBU). E o motivo para isso é o mais bizarro: a falta de higienização. E você deve estar se perguntando porque os homens não fazem algo que é tão básico? Isso ocorre devido a falta de informação e há alguns estigmas pregados pela sociedade. Há também muitos casos em que a má higienização causa o câncer peniano.

E não pense que isso é algo raro. Muitos homens não realizam a higiene de forma correta. Quem é que nunca ouviu algum homem dizer "o último pingo é sempre na cueca"? Essa é uma frase comum e que mostra o quanto a higiene é posta de lado pela maioria deles. E se você pensa que isso não acontece, bom, nós temos provas reais para te provar que sim. Zach, um jovem de 24 anos, nunca havia realizado a higiene adequada no local.

The Sex Clinic

The Sex Clinic é um programa da televisão britânica que trata de assuntos relacionados ao sexo e seus tabus. Zach foi o personagem de um dos episódios. A reclamação que ele levou para a médica do programa era a de que seu pênis não estava funcionando sempre. Nas últimas relações sexuais que teve, o rapaz sentia seu prepúcio tenso e havia também a presença de muito mal cheiro. E não pense que o problema era recente, ele estava sentindo isso há aproximadamente 9 meses. Até que um dia, seu prepúcio pareceu estar "congelado" no topo e ele percebeu que era a hora de buscar ajuda.

Além disso, ele desabafou com a médica que, algumas vezes, teve de interromper a relação sexual e que isso lhe dava o sentimento de ter falhado. Sua parceira chegou a dizer que seu pênis parecia maior e ele acreditou que isso era algo normal. Foi então que a médica perguntou quantos anos ele tinha e ao ouvir sua resposta, ela lhe disse que não era possível que seu órgão estivesse crescendo mais. O "crescimento" que ele notou era na verdade um inchaço, resultado de uma balanopostite, uma infecção no pênis e no prepúcio.

O problema de Zach

Foi então que a médica começou a inspecionar Zach e fazer suas perguntas. Quando puxou o prepúcio do homem para trás, ele alegou sentir um desconforto muito forte. Então veio a pergunta crucial, a médica indagou se ele, com alguma regularidade, afastava o prepúcio e ele respondeu que nunca teria ido tão longe. Foi então que veio o diagnóstico, Zack estava com esmegma, um acúmulo de gordura, pele e umidade em seu prepúcio. E isso foi o que causou a infecção e o inchaço.

Foi então que a profissional o questionou sobre a limpeza do local e ele disse que nunca havia lavado lá embaixo. Não dessa forma, ao menos, segundo contou. Zack então foi informado sobre a melhor forma de curar a infecção, que apesar de simples, iria causar desconforto: a limpeza adequada.

Durante seus 24 anos, Zach não realizou uma limpeza adequada de seu pênis. Vale lembrar que durante todo esse período, ele manteve uma vida sexual ativa e talvez isso tenha prejudicado as mulheres com quem se relacionou. Felizmente, a infecção é facilmente tratável e Zach agora já aprendeu a forma adequada de lavar suas partes íntimas.

Próxima Matéria
Leticia Rocha
Jornalista e aprendiz de Dani Noce. No insta é ticia_rochaa
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+