icone menu logo logo-fatos-desconhecidos.png


Isso é o que aconteceria se todos os oceanos do planeta desaparecessem

POR Mateus Graff EM Ciência e Tecnologia 09/11/17 às 12h59

capa do post Isso é o que aconteceria se todos os oceanos do planeta desaparecessem

Vocês se lembram quando ficávamos imaginando como seria quando a água do mundo começasse a acabar? Pois é, parece que esse tempo chegou, até porque, muitos lugares do Brasil, por exemplo, a escassez de água está cada vez maior. Bom, mas vocês já pararam para pensar no que aconteceria se a água dos oceanos acabasse?

Para quem não sabe, os oceanos tem dois papéis fundamentais para a vida. Primeiro, são eles que absorvem e distribuem a radiação solar. Sem segundo lugar, os oceanos alimentam o ciclo da água, que é a troca contínua de água na hidrosfera, entre a atmosfera, a água do solo, águas superficiais, subterrâneas e das plantas. Mas afinal, o que aconteceria se a água dos oceanos chegasse ao fim?

Fontes de água

Mesmo que a água dos oceanos acabasse, ainda teríamos as camadas de gelo, lagos e rios, que no caso iriam cair em vastas extensões de solo. Não podemos esquecer das águas subterrâneas. Em conjunto, todas essas águas totalizam 3,5 por cento do nosso abastecimento de água, os outros 96,5 por cento desapareceriam com os oceanos. Isso não é o suficiente para que o ciclo da água aconteça a nível mundial.

Vale lembrar que cerca de 68,7% da água doce da Terra está congelada. Se não tivermos oceanos, não teremos nuvens sendo formadas sobre eles. Sendo assim, a chuva seria rara e o planeta provavelmente se tornaria um grande deserto. É importante observar que as nossas fontes de água doce diminuiriam mais a cada ano, até que acabasse de uma vez por todas.

Nós ainda teríamos acesso a água subterrânea, mas as plantas e animais começariam a secar rapidamente. Enquanto as árvores podem sobreviver um tempo sem água, eventualmente, tudo ficaria tão seco que incêndios abrangeriam os continentes. E caso esses incêndios acontecesse, as toneladas de dióxido de carbono na atmosfera iria acelerar o aquecimento global.

Migração para Antártida

As pessoas teriam que se mudar para algum lugar. A única esperança da humanidade seria as camadas de gelo da Antártida, provocando imigrações para o Hemisfério Sul.

Á medida que as temperaturas em todo o mundo aumentassem, a superfície da Terra ficaria inabitável. Os humanos seriam obrigados a viver no subterrâneo antártico. Mas não seria assim tão fácil. Não teríamos infraestrutura nem recursos *sem minas, estradas e comida).

Na superfície da Terra, toda a vida vegetal iria desaparecer. Á medida que o mundo fosse queimando, a atmosfera ficaria cada vez com menos oxigênio, talvez se tornando até um lugar "irrespirável". Caso chegasse a esse ponto, não haveria nenhuma maneira de reverter a situação. Depois que os humanos fossem completamente extintos, os únicos sobreviventes da Terra seriam pequenas colônias de bactérias escondidas no subsolo. Finalizando, sem os oceanos, caros leitores, todos nós morreríamos.

Mas e aí, já tinha imaginado nas consequências do fim dos oceanos na Terra? Comentem!


Próxima Matéria
avatar Mateus Graff
Mateus Graff
https://www.instagram.com/mateusgraff/ https://www.facebook.com/mateus.adjutomartinsgraff
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você!

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Confira nosso Pinterest