icone menu logo logo-fatos-curiosos.png


Jardim das plantas venenosas na Inglaterra tem as flores mais perigosas que existem

POR Diogo Quiareli    EM Curiosidades      03/10/18 às 20h02
capa do post Jardim das plantas venenosas na Inglaterra tem as flores mais perigosas que existem

Jardins são sempre lugares adoráveis e com um ótimo ar, não é mesmo? Todo mundo adoraria passar uma tarde de primavera em meio às flores do campo exalando o seu cheiro, né? Na verdade, nem todos esses lugares são assim e existem alguns gostos bastante incomuns. Plantas venenosas são a preferência de algumas pessoas. Embora botânicos tenham estudado antes, os seres humanos geralmente evitam qualquer contato com uma espécie de planta que possa fazer mal. Há algumas capazes de contaminar terrivelmente uma vida e até mesmo levar à morte a partir de um simples toque.

Seria uma grande surpresa dizer que existe, em Northumberland, na Inglaterra, um jardim extremamente venenoso. Ele é dedicado exclusivamente às plantas que possuem algum tipo de veneno. O local foi fundado por Jane Percy, a Duquesa de Northumberland, no ano de 2005. O lugar que recebeu o nome de "Poison Garden" está localizado dentro do Alnwick Garden. O jardim é famoso por abrigar mais de 100 espécies de plantas mortíferas e alucinógenas.

Com sua entrada dentro do Jardim Alnwick, o Poison Garden se estende por trás do enorme portão de ferro que é o símbolo de sua entrada. Ele torna-se visível pela grande placa no meio. Essa placa carrega consigo uma frase simples, direta e muito medonha. Ela diz "Essas plantas podem matar". Após se tornar Duquesa de Northumberland em 1995, Jane Percy foi convidada a fazer algo com os jardins que, na época, eram apenas grandes desertos. O resultado disso foi o Alnwick Garden, que ocupa uma área de 56 mil metros quadrados. O local atrai visitantes do mundo inteiro.

No entanto, ela também estava ciente de que precisava ter alguma coisa única no jardim. Isso atrairia ainda mais a atenção das pessoas. "Vamos tentar algo realmente diferente", disse Percy. O resultado de sua inovação foi o Poison Garden. Inspirada pelo jardim Medici na Itália, Percy decidiu que seria bom ter um semelhante na Inglaterra. Enquanto muitos achavam a ideia maluca, a Duquesa tinha a crença de que era algo bom. "Eu me perguntava porque tantos jardins ao redor do mundo que focam no poder da cura das plantas e nenhum voltado para a habilidade de matar. É mais interessante saber como uma planta poderia matar, quanto tempo uma pessoa leva para morrer após comer alguma e o quão dolorosa poderia ser essa morte".

Ela coletou então 100 espécies de plantas venenosas que mais tarde fariam parte do Poison Garden. O seu único critério era: as plantas deveriam ter uma boa história. Por causa das propriedades venenosas das plantas, os visitantes são extremamente proibidos de tocar, cheirar ou provar qualquer espécie. Isso não garante a segurança absoluta, mas ajuda a reduzir os casos de contaminação. Sete pessoas desmaiaram ao inalar a fumaça tóxica no verão de 2013. A Duquesa cultiva no local cannabis e cocaína também.

E aí, o que você achou dessa lista? Comenta pra gente aí embaixo e compartilhe com seus amigos. Lembrando sempre que o seu feedback é extremamente importante para o nosso crescimento.


Próxima Matéria
Via   Unbelievable  
Imagens Plantei
avatar Diogo Quiareli
Diogo Quiareli
Geminiano, 26 anos, goiano. Amante de música pop, fã de Katy e Luan.
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você!

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Confira nosso Pinterest