icone menu logo logo-fatos-curiosos.png


Jogos que terminaram em morte

POR Pietro Bottura EM Curiosidades 19/09/14 às 21h51

capa do post Jogos que terminaram em morte

Jogos são sinônimo de problemas, inclusive se pararmos pra pensar que eles geralmente são representações de combates agressivos e mexem com ego, orgulho e instinto competitivo, o que muitas vezes transforma homens e mulheres em verdadeiros animais.

Mesmo assim, os exemplos a seguir foram muito mais que uma briguinha no futebol ou um empurrão no basquete. Pra aprender que é preciso muito cuidado com quem você aposta, separamos aqui alguns exemplos de jogos que tiveram o pior desfecho possível.

Xadrez Canibal

Como locador e locatário de um quarto, o escocês Tom O'Gorman e o italiano Saverio Bellante se encontravam pelos corredores e acabaram ficando amigos. Jogavam xadrez, até que um dia, numa partida mais quente, O'Gorman assassinou Bellante com dezenas de facadas, abrindo seu peito e comendo seu coração. Tudo iniciado por um desentendimento a respeito do jogo.

O próprio O'Gorman chamou a polícia e foi preso tranquilamente, em extrema calma enquanto os oficiais viam a horrorizante cena. No julgamento, apenas disse "eu sou culpado" e foi condenado em menos de 5 minutos.

Yahtzee

Era 2010, e a mãe Tamara Mason queria que seus três filhos jogassem o tal jogo. Era Natal, e, quanto mais a mãe insistia, mais estranhos ficavam os filhos. Até que Jacob, o mais novo, a sufocou com um saco plástico e um cinto, enquanto os outros dois - Andre e Dylan - apenas observavam.

Os irmãos tentaram esconder a mãe em um latão de lixo, onde ela ficou por 4 meses, até que a polícia por fim encontrou o cadáver em decomposição e os três foram julgados. Se isso tudo foi motivado pelo ódio ao jogo ou pelo ódio à mãe nós não sabemos, mas provavelmente uma coisa vinha com a outra.

Isso que é imersão virtual

Em 2010, um casal da Coreia do Sul entrou num frênesi de jogatina do MMORPG "Prius Online". Ficaram tão empolgados que alimentavam o filho apenas uma vez por dia, na hora que davam pausas entre partidas - essa forma de alimentação pode ser até (quase) ok para um jogador, mas não para uma criança de apenas 3 meses! Depois de alguns dias, simplesmente encontraram o bebê morto, e foram sentenciados a (apenas) 5 meses por negligência criminal. Será que o dinheiro, itens e levels ganhados valeram a pena? Para o bebê, com certeza não.

E aí, você acha que o jogo justifica essas mortes? Seja por violência ou vício, todo cuidado com jogos é pouco. Até uma equipe de futebol inteira já foi fuzilada por não aceitar perder!

 


Próxima Matéria
avatar Pietro Bottura
Pietro Bottura
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você!

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Confira nosso Pinterest