• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


Jovem encontra uma adaga do Império Romano, de 2 mil anos

POR Diogo Quiareli    EM Curiosidades      20/02/20 às 14h58

Você já deve ter ouvido falar do Império Romano, né? Esse foi um período pós-republicano da antiga civilização romana. Foi a época onde um Imperador liderava junto com extensas possessões territoriais, em volta do mar Mediterrâneo. Isso era na Europa, África e Ásia. O tempo passou e o Império Romano acabou, após diversas guerras civis e conflitos. Júlio César, um dos nomes mais marcantes da época, foi nomeado ditador perpétuo e assassinado em 44 a.C. Até hoje estudamos muito sobre esse período que ditou o rumo da história mundial. Diversas pessoas buscam mais detalhes sobre isso e alguns arqueólogos dedicam suas vidas buscando objetos.

Qualquer achado da época já é um grande avanço nas buscas por informações do Império Romano. Muitas pessoas buscam por trajes dos imperadores, que podem ter sido devastados pelo tempo. Outros procuram por objetos de mantimento, como jarros que já foram encontrados, armas de caça e até mesmo de batalha. No entanto, por causa do tempo, é extremamente encontrar qualquer tipo de coisa sobre o Império Romano. Seria de grande ajuda achar documentos e escrituras da época. No entanto, um jovem deu um enorme passo nas pesquisas recentemente ao encontrar uma adaga do período. Confira conosco.

Jovem encontra uma adaga do Império Romano, 2 mil anos atrás

O jovem tem apenas 19 anos. Nico Calman já pode se orgulhar de suas contribuições para a ciência. Enquanto trabalhava nas escavações arqueológicas de Haltern am See, noroeste da Alemanha, ele fez uma grande descoberta. Nico encontrou uma adaga romana de 2 mil anos. De acordo com o The Times, essa arma provavelmente foi utilizada por guerreiros do antigo Império Romano. Após uma análise da mesma, os estudiosos disseram que provavelmente foi utilizada em uma luta contra os germânicos.

Isso porque eles habitavam a região por volta do século 1. Esse combate teria ainda deixado 20 mil mortos e resultado no abandono daquela área. Os especialistas dizem que o achado de Calman surpreendeu principalmente por seu estado de conservação. Segundo eles, essa adaga está tão bem preservada que até a bainha de tília, os arabescos e alguns fios de linho presos estão intactos. Até mesmo os detalhes de onde a arma ficava presa ao cinto permaneceram intactos. Foi então uma grande descoberta.

"Essa combinação de lâmina, bainha e cinto completamente preservada. Isso, juntamente com informações importantes sobre exatamente onde elas foram encontradas. Não existe até então um paralelo", disse Michael Rindo, arqueólogo envolvido nas buscas. A adaga é grande. Possui aproximadamente o tamanho do antebraço de um homem adulto. Os historiadores então acreditam que armas do tipo eram utilizadas em combates corpo a corpo. Isso, onde os guerreiros rivais ficavam cara a cara uns com os outros.

E aí, o que você achou dessa matéria? Comente então pra gente aí embaixo e compartilhe com seus amigos. Vale sempre lembrar que o seu feedback é extremamente importante para o nosso crescimento.

Próxima Matéria
Via   Revista Galileu  
Diogo Quiareli
Geminiano, 25 anos, goiano.
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+