• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


Mais de 5 mil voluntários unem forças para cuidar do meio ambiente limpando 45 toneladas de lixo

POR Cristyele Oliveira    EM Compartilhando coisa boa      05/02/19 às 19h06

O governo das Filipinas deu o ponta pé inicial para a reabilitação da baía de Manila, uma das águas mais poluídas do país. E a iniciativa do governo contou também com a ajuda da população, que se voluntariou para ajudar na limpeza do local, auxiliando na retirada de toneladas de lixo que poluem a praia onde muitos deles frequentam ou vivem.

A praia de Manila, capital das Filipinas, há muito tempo vem sofrendo com um sério problema de contaminação da água, o mar tem cor de chumbo e está abarrotado de plástico. Esta praia, ao longo da baía, abriga mais de 220 mil famílias que vivem em moradias irregulares, mas que agora têm uma esperança a mais, com o plano do governo de limpar o espaço e realocar os moradores.

É tanto lixo que se encontram desde embalagens de comida, recipientes de plásticos, pneus, sapatos velhos e outras substâncias que são mais tóxicas e difíceis de limpar, como os descartes de fábricas da região. Tudo transformando a paisagem numa montanha de resíduos acumulados.

A ação de limpeza

A união realmente faz a força. O plano de reabilitação dessa região de 190 quilômetros de costa, e 1.7 hectares de superfície, uniu os vários voluntários com a participação de funcionários do governo, agentes das Forças Armadas e da própria polícia para começar a limpeza da praia.

E o trabalho em grupo rendeu resultados mais que satisfatórios. Em 24 horas, a baía de Manila estava completamente irreconhecível em relação ao que era antes. Segundo as autoridades, 45,59 toneladas de lixo foram retiradas da praia somente no primeiro dia de trabalho dos voluntários.

"É uma batalha que não será vencida pela força, mas com a firme vontade de devolver a vida à baía de Manila, com o empenho e determinação de cada filipino de contribuir neste esforço", declarou o secretário de Estado do Meio Ambiente das Filipinas, Roy Cimatu.

A reabilitação da praia

Além do processo intenso de limpeza da praia, o governo implantou novas normas ambientais para os hotéis, centros comerciais e instalações recreativas e turísticas na baía, obrigando-as a controlar sua emissão de resíduos na praia.

Com o primeiro resultado positivo da iniciativa, o governo pretende ampliar a ideia e treinar mais 5.700 voluntários para manter a limpeza do ambiente em andamento. Se mantiver o ritmo, é muito provável que a praia seja reabilitada muito antes do previsto, e assim, que possa trazer de volta o ponto turístico e atração de lazer para os moradores da região.

Uma iniciativa simples, aliada à força de vontade, pode mesmo trazer muitos benefícios, ou melhor ainda, pode ser uma forma de reparar os danos que nós mesmo causamos ao meio ambiente. Imagine se a moda pega, e as pessoas em todo o mundo dedicassem um tempo para fazer algo parecido?

Próxima Matéria
Via   Sapo     G1     Upsocl  
Imagens YouTube G1 Sapo
Cristyele Oliveira
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+