• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


Marvel revela a história real por trás da raça mutante

POR Letícia Dias    EM Notícias      23/12/19 às 01h44

Os X-Men foram apresentados ao público em 1963, no quadrinho homônimo. Desde então, os anos foram se passando e a popularidade da equipe de mutantes aumentando. Logo, não demorou para que o público começasse a questionar a história por trás desses seres super-dotados. Como resultado da onda de curiosidade, Stan Lee, cocriador dos personagens, resolveu explicar o conceito por trás dos heróis. Assim, o quadrinista contou que criou a ideia de "mutantes", porque estava cansado de pensar em histórias de origem. Portanto, nas palavras do próprio Lee, ele optou por tomar a "saída do covarde", generalizando os mutantes, como uma leva de pessoas que nasceu assim. No entanto, recentemente, a Marvel resolveu explorar mais a fundo o passado da raça mutante e apresentar, ao público, detalhes peculiares.

Ao passo que os mutantes são tradicionalmente retratados como a próxima etapa da evolução humana, raramente, nos deparamos com mutantes antigos. Como exceções, temos Selene e Apocalipse, tratados como precursores evolutivos. Todavia, Excalibur #1 veio para nos mostrar que talvez estivemos equivocados esse tempo todo. Afinal, na mais nova edição do título da Marvel Comics, Morgana Le Fey, uma feiticeira do século VI, se refere a mutantes como "bruxas". Sendo assim, podemos afirmar que essa referência sugere que a inquisição foi dirigida contra mutantes. Em seguida, Excalibur #4 continuou a reescrever a história da raça mutante. Só para ilustrar, foi revelado que os druidas eram, na verdade, um clã de mutantes, com capacidade de manipular o solo.

O crescente aumento na população de mutantes e a variação genética

Curiosamente, essa não é a primeira vez que os quadrinhos dos X-Men apresentam uma tribo de mutantes, que possuem as mesmas habilidades. De acordo com o Screen Rant, isso sugere que o gene responsável pela mutação - chamado pela Marvel de "gene X" - se manifesta de maneiras muito específicas, em cada grupo genético. Por exemplo, os druidas anglo-saxões têm uma afinidade pela manipulação do solo. Contudo, por que ocorreu uma explosão de diferentes poderes entre os mutantes, nos últimos anos?

Bom, a resposta está no crescimento populacional. Com o aumento do número de habitantes no planeta, exponencialmente nos deparamos com o aumento de mutantes. Coincidentemente, isso também explica a ampla variedade de mutações genéticas. Veja bem, entre os séculos 20 e 21, uma série de fatores contribuiu para a era da migração em massa. Como resultado disso, as pessoas passaram a viajar pelo mundo e diferentes origens genéticas se misturaram. Portanto, as chances de mutações estranhas, raras ou nunca antes vistas, aumentaram naturalmente nesse contexto.

E então, o que achou da revelação do passado mutante? Acha que vêm mais descobertas sobre os X-Men pela frente? Compartilhe sua opinião com a gente.

Próxima Matéria
Via   SR  
Imagens Marvel
Letícia Dias
Trabalhando pra falar de super-heróis, filmes e séries em tempo integral | @letdiax
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+