• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


Marvel revela verdade sobre o filho Venom

POR Gabi Noronha    EM Notícias      28/08/19 às 18h02

Donny Cates e Ryan Stegman assumir os quadrinhos de Venom foi um verdadeiro presente aos fãs do personagem. Desde o primeiro volume, sabíamos que tudo seria diferente e, de fato tem sido. A vida de Eddie Brock e o simbionte saíram do status quo e seguiram um caminho surpreende para boa parte dos leitores. A história tem explorado mais a relação entre o homem e a criatura alienígena. Assim como a origem do Klyntar e o deus Knull. Também tivemos a introdução de Dylan Brock. A princípio, ele era tido como o irmão adotivo de Eddie. Mais tarde, porém, descobrimos que, na verdade, ele é filho.

Dylan é filho de Eddie com Anne Weying, sua ex-namorada. Ela manteve a criança em segredo do pai por anos. Dylan ficou aos cuidados do avô Carl, o pai de Eddie. Logo quando soube da verdade, ele fez questão de manter o filho ao seu lado, protegendo-o a todo custo. O garoto, por sua vez, permanecia na ignorância sobre sua origem. No entanto, em uma entrevista recente. Cates e Stegman indicaram que Dylan pode não ser exatamente o filho de Eddie. Estava bom demais para ser verdade. Afinal, esses dois adoram virar a história de cabeça para baixo. O que é ótimo!

A verdade sobre o filho de Venom

Enquanto todos esses acontecimentos puderem ser acompanhados nos quadrinhos de Venom, a maior revelação aconteceu mesmo em Absolute Carnage #1. Na história, Venom e Homem-Aranha saem em missão para pegar Norman Osborn do Instituto Revencroft. Assim, Eddie deixa Dylan aos cuidados do Maker, que construiu uma máquina para recuperar o códex de qualquer pessoa que já teve ligação com o simbionte. Em paralelo, Carnificina também procura coletar todos esses vestígios deixados pelos hospedeiros. A intenção de Maker é remover os códex antes de Carnificina encontra-los.

Depois da missão no Instituto Ravencroft dar errado, Eddie recebe uma ligação do Maker. Ele revela que, após revirar o banco de dados do FBI, descobriu que o corpo de Anne Weying não estava onde imaginaram. Ele explica que, como ela já foi hospedeira do simbionte, seu corpo deveria ter um códex para ser rastrear. Isso significa que o códex foi transferido de corpo enquanto Anne estava grávida. Ou seja, Dylan é o próprio códex, consequentemente, se transformando em um algo para Carnificina.

Absolute Carnage #1 tem roteiro de Donny Cates e arte de Ryan Stegman.

Próxima Matéria
Via   CBR  
Gabi Noronha
Resumindo, é basicamente isso! Mais aventuras em Instagram: @gabinoronhaf
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+