icone menu logo logo-fatos-desconhecidos.png


Médicos criaram o órgão genital desse homem a partir da pele do seu antebraço

POR Mateus Graff EM Ciência e Tecnologia 10/07/18 às 14h08

capa do post Médicos criaram o órgão genital desse homem a partir da pele do seu antebraço

Cientistas conseguiram criar um órgão genital para um homem transgênero. Como? Eles usaram a pele do seu antebraço e conseguiram criar um órgão que permite que o homem sinta as sensações normais da pele em caso de orgasmos. O nome do sujeito é Elijah Stephens e ele começou sua mudança de gênero quando tinha 18 anos de idade.

Elijah conta que sempre se sentiu diferente. Em entrevista ao Daily Mail ele declarou o seguinte:"no ambiente que eu cresci em New Jersey nos anos 1990 não havia uma única palavra para descrever o que eu sentia. Eu não me sentia "lésbica". Eu não ouvi a palavra "transgênero" até ter 18 anos, e não foi nem na TV ou jornais. As pessoas simplesmente usavam o termo "mudança de sexo'". A gente conta mais da história de Elijah para vocês.

O começo de tudo

Depois de se informar sobre o termo 'transgênero', Elijah percebeu que outras pessoas se sentiam como ele. Foi então que ele começou o acompanhamento psicológico no Centro Mazzoni, na Filadélfia. No ano de 2014, Elijah já planejava suas primeiras cirurgias.

Em 2016 ele fez uma dupla mastectomia e reconstrução da região do peito. Em 2017 ele fez uma histerectomia para remover o útero, mas antes tinha removido o canal vaginal com uma vaginectomia. Algumas partes foram mantidas, como os pequenos lábios e uretra, para fazer o então órgão masculino.

A seguir ele fez uma faloplastia que é a construção do órgão genital masculino a partir da transferência tecidual. Os nervos são conectados à uretra reconstruída e o clitóris reposicionado para ficar na base do pênis. O médico que fez a cirurgia se chama Jonathan Keith (foto acima). Keith é especialista em microcirurgias. Ganha status de microcirurgia todo procedimento simples que envolve uma mudança de pele de um lugar do corpo para outro.

O procedimento

No caso de Elijah, o médico usou uma parte do antebraço esquerdo do paciente para criar um "tubo dentro de outro tubo". Ele conectou os nervos da pele do braço com os nervos do clitóris. Assim, Elijah pode ter a sensação de tato no órgão. As veias da pele também foram conectadas às artérias principais do fêmur.

O médico levou três anos para montar a equipe para a cirurgia. Entre os profissionais estavam um ginecologista, urologista e pessoas para cuidados psiquiátricos. Elijah incentiva outras pessoas com histórias parecidas a lutarem pelos seus sonhos.

Mas e você, sabia que esse tipo de cirurgia já era possível? Não esqueça de deixar seu comentário aqui embaixo!


Próxima Matéria
avatar Mateus Graff
Mateus Graff
https://www.instagram.com/mateusgraff/ https://www.facebook.com/mateus.adjutomartinsgraff
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você!

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Confira nosso Pinterest