• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


Metade do planeta teria que ser preservada para a raça humana sobreviver

POR Mateus Graff    EM Natureza      28/09/18 às 17h03

Se quisermos manter vida no planeta Terra, claramente precisamos preservar os ecossistemas dos quais as plantas e animais dependem. Sendo assim, os governos devem proteger cerca de um terço dos oceanos e do solo até 2030. Já até 2050, devemos preservar a metade dos mesmos. Bom, ao menos foi isso que disseram alguns biólogos em um editorial na revista Science.

O que realmente acontece, caros leitores, é que não se trata de salvar apenas a vida selvagem. Estamos falando sobre salvar as nossas vidas. "Estamos aprendendo cada vez mais que as grandes áreas que permanecem são importantes para fornecer serviços para toda a vida. As florestas, por exemplo, são críticas para absorver e armazenar carbono", disse Jonathan Baillie, da National Geographic Society.

Só para vocês terem uma ideia, atualmente apenas 3,6% dos oceanos do planeta e 14,7% do solo são protegidos por lei. Em 2010, na Convenção sobre Diversidade Biológica houve a Conferência de Nagoya, onde os governos concordaram em proteger 10% dos oceanos e 17% das terras.

Crises de extinção

Baillie acha que só isso não é o suficiente. Ele e Ya-Ping Zhang, da Academia Chinesa de Ciências, querem que os governos estabeleçam alvos muito maiores na próxima grande conferência em 2020. "Temos que aumentar drasticamente nossa ambição se quisermos evitar uma crise de extinção e se quisermos manter os serviços ecossistêmicos dos quais nos beneficiamos atualmente. As tendências estão em uma direção positiva, é só que temos que nos mover muito mais rápido", diz Baillie.

O fato é que é muito complicado descobrir quanto de espaço é preciso para preservar a biodiversidade e os benefícios do ecossistema, dizem os pesquisadores. Se paramos para pensar, existem tantas coisas ainda para descobrirmos sobre a vida na Terra, tantas espécies para serem descobertas.

Será que poderíamos alimentar uma população global, que pode chegar a 10 milhões de pessoas até 2050, se metade do planeta for preservada? A humanidade ainda não fez isso e provavelmente nem fará. É por isso que precisamos de um planeta intacto", diz ele. "Se queremos alimentar a população mundial, temos que pensar em manter os sistemas ecológicos que nos permitem fornecer isso".

Mas afinal, quais são as áreas que devemos proteger?

James Watson, da Universidade de Queensland, em Santa Lúcia, na Austrália, acha que "não há dúvida de que precisamos de muito mais terra e mar garantidos para conservar e reter a natureza". Watson e outros cientistas enfatizam que as áreas protegidas são ainda mais importantes do que o número geral. "O principal é proteger as áreas certas", diz Jose Montoya, da Estação de Ecologia Teórica e Experimental, na França. Para ele, se simplesmente protegermos uma parte do território, os governos provavelmente protegerão o que é mais fácil. Tais áreas mais fáceis têm baixa biodiversidade e provisão de serviços ecossistêmicos.

Além disso, segundo a equipe de Watson, um terço dos 3,6% da terra que já deve ser protegida, está sendo explorada. Sendo assim, apenas declarar áreas protegidas não é o suficiente.

O que sabemos, caros leitores, é que se não cuidarmos do nosso mundo, provavelmente não estaremos aqui para ver os piores estragos. Porém, os nossos filhos e netos sofrerão sérias consequências e talvez nos culpem pelo que fizemos com o planeta Terra. O Brasil tem que ser muito cauteloso com que o farão com todos os nossos recursos naturais. Você acha que ainda dá tempo de salvar o mundo? Não esqueça de comentar aqui embaixo!

Próxima Matéria
Mateus Graff
https://www.instagram.com/mateusgraff/ https://www.facebook.com/mateus.adjutomartinsgraff
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+