• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


Modelo de 20 anos desabafa e escancara os abusos do mundo da moda que muita gente não conhece

POR Magno Oliver    EM Entretenimento      14/03/17 às 14h48

Você já imaginou como é a vida de uma modelo que atua na carreira pornográfica? Aqui no site da Fatos Desconhecidos, nós já exibimos para você alguns bastidores sobre como é trocar o mundo da moda pelo entretenimento adulto.

A carreira de modelo é árdua, trabalhosa e necessita de muito preparo e uma beleza incontestável da pessoa. No Brasil, temos uma brasileira que é referência nessa área, Gisele Bundchen. De acordo com o Profissão Repórter, "a descoberta de Gisele Bündchen transformou um vendedor de picolé em um dos empresários mais ricos de Horizontina. Gisele tinha 13 anos quando Dilson Stein a descobriu. "Foi no salão de festas da sociedade, que eu vi a Gisele pela primeira vez. Comentei que ela poderia se tornar uma das melhores modelos do mundo, mas o pessoal não me levou muito a sério na época", conta."

O mundo das passarelas possui bastidores que você nem imagina como seja. Quem afirma isso é a modelo de 20 anos de idade Délleny Mourão deixou Fortaleza para viver o mundo da moda em São Paulo e passou por coisas que jamais imaginou.

Délleny teve seu contrato rescindido em Agosto do ano passado porque, de acordo com informações dela, "não estava nas medidas". Além de ouvir que não tinha as medidas perfeitas para o trabalho, ela relata que passou por diversos tipos de abusos que presenciou na agência que trabalhou.

As denúncias feitas por ela são graves e incluem auxílio para realização de aborto, ofensas racistas, aliciamento de menores e várias privações em busca de um corpo que se adeque às medidas exigidas.

Em forma de protesto às situações que passou na empresa que trabalhava, a modelo resolveu fazer uma denúncia em seu perfil no Facebook.

Sobre a estrutura que morava, ela conta que tinha que viver em um apartamento "pequeno, velho e sem estrutura" e que tinha apenas um banheiro para 23 modelos usarem. Além da má condição de moradia, ela conta que tinha que existia muita rivalidade entre as companheiras de casa.

Segundo ela, "Tinha apenas um fogão, onde só três bocas funcionavam (e mal). Um banheiro para 23 MODELOS. E é porque eu vim de uma periferia e sou de família humilde, já passei por vários perrengues e não sou de reclamar por besteira.

Mas por um preço tão alto, tendo que ficar longe da família e amigos, não era algo fácil de aceitar. Além da questão de conviver com a rivalidade. Muitas passavam fome e disputavam quem perdia mais peso. Era uma briga de ego que não possibilitava a existência de uma parceria/amizade entre elas.

Raramente... A pressão, o medo de não trabalhar e sair do mercado é 24 horas por dia. É o medo do cliente não gostar dela ou dele. É o medo de não estar na panelinha de São Paulo. É o medo de vim outra modelo parecida com ela e tomar seu lugar.

É o medo de não pegar nenhum desfile na semana de moda. É o medo de ficar velha. É o medo de não viajar para fora. Um medo enorme e de uma série de coisas sem o auxílio de absolutamente NENHUM psicólogo/nutricionista para nos orientar."

Ela lista vários problemas que passou e destaca o que mais viu dentro dos bastidores desse mundo. Confira:

"Por conta dessas cobranças vi diversos absurdos e queria relatar para vocês...
Vi meninas tomando laxante para emagrecer.
Vi meninas com compulsão por comida.
Vi meninas indo ao supermercado apenas para degustação pois era uma maneira de conseguir comer.
Vi vômito no banheiro.
Vi booker OFERECENDO Laxante.
Vi meninas se entupindo de chá de Ibisco (para emagrecer).
Vi booker me falar que eu tinha que ter 86 DE QUADRIL.
*o i t e n t a e s e i s* de quadril, pasmem.
Vi uma menina que em um ano foi *recodista* no SPFW ser "castigada'', pelo produtor/fotógrafo que possui a maior parte dos desfiles do spfw, pois ela estava ''GORDA''. E desde então ele não chamou ela para nenhum desfile.
Vi menina falando "COME, DEPOIS TU TOMA LAXANTE!"
Vi menina comer escondida de todos.
Vi menina desmaiar por não comer.
Vi meninas menores de idade consumindo bebida alcoólica dentro do apartamento de modelos.
Vi menina roubar chocolate do armário da outra.
Vi estilista famoso falar palavras racistas e chulas para modelos em francês em um casting para o SPFW.
Vi menina tendo que sair com promoter para ter trabalho.
Vi menina saindo com promoter para comer de graça em restaurante japonês.
Vi menina de 17 anos saindo com dono de agência.
Vi menina fumando para emagrecer.
Vi scouter falando que ajudou menina a abortar.
Vi modelos fazendo a perigosa dieta USP.
Vi dono de agência oferecendo bebida alcoólica para as modelos menores de idade.
Vi menina menor de idade chegando depois das 10 e não entrando dentro de casa, dormindo na rua, porque as regras não deixam entrar depois das 10.
Vi uma das modelos roubando quase 400 reais de outra menina.
Vi modelo colocando laxante no iogurte da outra.
Vi menina não pegar trabalho por ser baixa.
Vi menina que era baixa ouvir piada de outras modelos.
Vi festinha organizada pela agência onde o lugar era cheio de promoters, bebidas e drogas.
Vi scouter dizer que é ''psicologo'' mas nunca teve a postura de um e na verdade estava mais para um SOCIOPATA.
Vi estilista deixando de pagar modelo.
Vi agência não pagar fotógrafo
Vi estilista falando que ''era só pagar com roupas''.
Vi estilista humilhando modelo (isso era bem comum).
Eu vi tudo isso e MUITO mais durante apenas o período de 5 meses e meio...

Sei que em toda área de trabalho terão inúmeras dificuldades e que no mundo competitivo em que vivemos nunca será fácil a disputa do mercado de trabalho, em nenhuma área. Mas para TUDO tem que existir limite e criticidade. Aceitar tudo de braços cruzados ou fingir que nada disso aconteceu por medo de ser julgada não iria mudar em nada, nunca.
Então fica o alerta e o desabafo para vocês:
Cuidado com esses concursos descobridores de Gisele!
FUJAM DELES!!!!!!!!!! Modelos são ALIENADAS, mas a culpa jamais será delas, mas sim de todo o sistema nojento, antiprofissional e desumano que é o mundo da moda, que usa da persuasão e manipulação, prometendo um mundo de glamour. Desde as agências, produtores, maquiadores, revistas, fotógrafos, olheiros e mais. Mas claro, sem generalizações. Há poucos que se salvam desse universo mentiroso. Mas esses poucos não sobrevivem muito tempo ou aceitam tudo de olhos fechados por medo de perder o trabalho.E não acreditem nessa papo de modelo ser naturalmente magra! ISSO É MENTIRA! Morei com 44 modelos em 5 meses, de 44 modelos apenas OITO não faziam dietas, do resto (36), TODAS faziam dietas, t o d a s. Isso é muito mais sofrido, miserável, corrupto, injusto e depressivo do que vocês pensam. Uma dica: Não entre. Não se misture. Não é de hoje que a moda é uma mentira. Onde poderosos estão apenas para lucrar, estão pouco se lixando se modelo X ou Y está passando fome para entrar na sua roupa. O importante para eles é o quanto de dinheiro cairá nas suas contas no fim do mês.
A questão que fica é: fui chamada de ingrata depois de vivenciar tudo isso. Será que sou mesmo?"

O que você achou dessa triste realidade sobre a jovem que quis ser modelo? Você conhece alguém que já quis seguir nessa carreira? Mande seu comentário para gente!

Próxima Matéria
Magno Oliver
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
As categorias Terror, Sobrenatural, CreppyPasta e entretenimento têm como único objetivo de entreter. Não devem ser utilizadas como fontes de artigos científicos ou trabalhos escolares.
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+