• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


Modelo de embriões humanos de células-tronco mostra estágios invisíveis do nosso desenvolvimento

POR Bruno Dias    EM Curiosidades      15/06/20 às 15h17

O corpo humano é um dos maquinários mais fantásticos e, ainda, cheio de mistérios, do mundo. Ele é constituído por 14 sistemas. São eles: cardiovascular, respiratório, digestório, nervoso, sensorial, endócrino, excretor, urinário, reprodutor, esquelético, muscular, imunológico, linfático, tegumentar. Cada um desses sistemas envolvem órgãos, que são responsáveis pela realização das funções vitais do organismo.

E para que tudo isso exista o desenvolvimento humano começa com a fecundação do óvulo pelo espermatozoide. Essa fecundação dá origem ao zigoto. Ele se instala no útero depois de algumas divisões celulares. Nisso, a placenta começa a se formar para envolver o embrião. E quando o embrião mede cerca de 0,5 centímetros já se passou o primeiro mês da gravidez.

O que acontece nos próximos oito meses já é sabido pelos cientistas. Mas o desenvolvimento humano ainda tem vários fatores para se descoberto. Por isso, os cientistas criaram um modelo de embrião humano usando células-tronco humanas. Eles fizeram uma descoberta que pode dar informações vitais sobre os estágios iniciais do desenvolvimento.

Desenvolvimento

De acordo com as equipes da Universidade de Cambridge e do Instituto Hubrecht, o modelo feito por eles dará a eles a possibilidade de observar processos nunca vistos antes. Eles são processos subjacentes à formação do corpo humano.

Esse layout dos seres humanos, que é conhecido como plano corporal, acontece através de um processo conhecido como  gastrulação. Nele, três camadas de células distintas são formadas no embrião. E depois elas dão origem aos três principais sistemas do corpo: o nervoso, músculo-esquelético e digestivo.

O período da gastrulação é conhecido como a "caixa preta" do desenvolvimento humano. Isso porque as restrições legais não permitem que os cientistas desenvolvem embriões em laboratórios por mais de 14 dias.

A equipe que fez esse estudo disse que o modelo se parece com um embrião entre 18 e 21 dias. Essa é a época em que a gastrulação acontece.

Período

Nesse período vários defeitos congênitos acontecem. E compreender melhor a gastrulação pode ajudar os cientistas a compreenderem questões como infertilidade, aborto espontâneo e distúrbios genéticos.

"Nosso modelo produz parte do projeto de um humano. É emocionante testemunhar os processos de desenvolvimento que até agora estavam ocultos da vista, e do estudo", disse o principal autor Alfonso Martinez-Arias, do Departamento de Genética de Cambridge.

Para conseguir criar os modelos tridimensionais, que são conhecidos como gastruloides, a equipe coletou feixes apertados de células humanas e os tratou como se fossem produtos químicos que funcionavam como sinais para ativar determinados genes.

De acordo com os pesquisadores, é a primeira vez que as células-tronco humanas foram usadas para criar um embrião humanos modelo 3D. Isso aconteceu depois de alguns testes terem sido feitos com células-tronco de ratos e peixes.

Os cientistas fizeram questão de ressaltar que os gatruloides nunca se desenvolvem em embriões totalmente formados. Até porque não tem células cerebrais e não tem nenhum dos tecidos para a implantação no útero.

Mesmo assim, eles conseguiram observar aproximadamente 72 horas do desenvolvimento dos modelos. E conseguiram identificar sinais claros dos eventos que levam à formação de músculos, ossos e cartilagens.

"O estudo é uma janela fantástica para a formação inicial do corpo humano. Ele destaca o incrível poder de auto-organização de células e tecidos, dadas as condições certas", disse Jeremy Green, professor de biologia do desenvolvimento no King's College London, que não estava envolvido na pesquisa.

Próxima Matéria
Via   Science alert  
Imagens Science alert
Bruno Dias
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você!

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+