• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


Morador de rua muda de vida após devolver dinheiro achado para o dono

POR Mateus Graff    EM Entretenimento      26/08/16 às 17h08

Um homem sem-teto que entregou uma carteira cheia de dinheiro para um designer, e a recompensa por seu gesto realmente valeu muito a pena. Waralop, um tailandês de 44 anos, achou a carteira no chão cheia de dinheiro e cartões de crédito. Diferente do que a maioria das pessoas faria, em vez de comprar coisas para si mesmo e ficar com o dinheiro, ele foi direto para a delegacia policial local e entregou a carteira com tudo que estava lá, sem faltar nada.

Felizmente, sua boa ação não passou despercebida. O proprietário da carteira Niity Pongkriangyos, de 30 anos, estava tão feliz quando a polícia lhe entregou a carteira, que ofereceu a Waralop um trabalho em sua fábrica em Banguecoque. Nitty disse o seguinte: "Eu fiquei totalmente surpreso quando a polícia me disse que tinha a minha carteira que eu nem sequer sabia que tinha perdido. Minha primeira reação foi "Uau", pois se fosse eu no lugar do cara não sei se faria o mesmo. Ele tinha apenas algumas moedas no bolso e ainda entregou minha carteira, e isso mostra que ele é uma pessoa boa e honesta. O tipo de pessoa que precisamos."

See SWNS story SWHOME; A homeless man who handed in a designer wallet full of cash was rewarded with a JOB and a new FLAT to live in. Good-hearted Woralop (corr), 45, had just nine baht (0.20p) to his name when he spotted the Hermes wallet with 20,000baht (£440gbp) and credit cards on the street earlier this month. Despite having barely eaten, he trudged to the local police station and gave police the expensive brown leather wallet with all the money still inside. Owner Niity Pongkriangyos, 30, was so thrilled when cops tracked him down that he offered destitute Woralop, who has no surname, a job at his metalwork factory in Bangkok, Thailand.

Nitty inicialmente ofereceu a Waralop dinheiro como recompensa, mas, se seguida, decidiu fazer a oferta de emprego com um bom salário. Waralop disse que viu a carteira de Nitty cair enquanto estava deitado na rua de uma estação de metrô, tentou alcançar o homem, mas não conseguiu. A namorada de Nitty, que postou uma foto de Waralop nas mídias sociais, declarou o seguinte: "Waralop é um exemplo de uma pessoa gentil. Quando você é gentil com alguém, geralmente as pessoas retribuem".

See SWNS story SWHOME; A homeless man who handed in a designer wallet full of cash was rewarded with a JOB and a new FLAT to live in. Good-hearted Woralop (corr), 45, had just nine baht (0.20p) to his name when he spotted the Hermes wallet with 20,000baht (£440gbp) and credit cards on the street earlier this month. Despite having barely eaten, he trudged to the local police station and gave police the expensive brown leather wallet with all the money still inside. Owner Niity Pongkriangyos, 30, was so thrilled when cops tracked him down that he offered destitute Woralop, who has no surname, a job at his metalwork factory in Bangkok, Thailand.

Waralop ficou muito agradecido, é claro, e disse o seguinte: "Eu sou muito grato por ter essa oportunidade de mudar minha vida. Agora tenho uma cama limpa para dormir."

See SWNS story SWHOME; A homeless man who handed in a designer wallet full of cash was rewarded with a JOB and a new FLAT to live in. Good-hearted Woralop (corr), 45, had just nine baht (0.20p) to his name when he spotted the Hermes wallet with 20,000baht (£440gbp) and credit cards on the street earlier this month. Despite having barely eaten, he trudged to the local police station and gave police the expensive brown leather wallet with all the money still inside. Owner Niity Pongkriangyos, 30, was so thrilled when cops tracked him down that he offered destitute Woralop, who has no surname, a job at his metalwork factory in Bangkok, Thailand.

Outro caso de pessoas honestas aconteceu aqui no Brasil, onde um desempregado achou um envelope com 11 mil reais e procurou o dono para entregar. O dono era um empresário de Ji-paraná (RO), e segundo Francisco Claudio, que estava desempregado há 5 meses, toda história começou no dia 13 de maio, quando ele ficou sabendo através da TV local que um comerciante havia perdido mais de 10 mil reais em uma avenida.

Ao saber da informação, Francisco foi ao endereço para tentar encontrar o envelope. "Fiquei pensando como o dono estava se sentindo e isso me motivou a procurar o dinheiro para devolver", afirmou Francisco. Após encontrar o dinheiro e os documentos pessoais do comerciante, Francisco conta que passou a procurar pelo endereço para devolver os 11 mil reais. Francisco disse que viu o desespero do comerciante e por isso se esforçou para procurar o dinheiro. "Eu moro perto do lugar onde estava o dinheiro. Fiquei pensando como ele estava se sentindo e isso me motivou a procurar esse para poder devolver ao dono", conta Francisco.

003

Desempregado há cinco meses, Francisco conta que em momento algum pensou em ficar com o dinheiro, mesmo passando por dificuldades acarretadas pela falta de emprego. "Eu nunca iria ficar com esse dinheiro. Ele não me pertence e eu não tenho condições de ficar com nada que não é meu. Não dormiria bem. O que fiz foi por amor e faria com qualquer ser humano", explica Francisco.

Após achar o dinheiro no local, Francisco procurou descobrir o endereço do empresário para fazer a devolução. A atitude do desempregado chamou a atenção de Denis, que em reconhecimento pela honestidade deu R$ 2 mil para Francisco. Com o dinheiro, o desempregado realizou uma compra para sua casa e quitou dívidas.

E aí amigos, acreditam que ainda existam pessoas honestas nesse mundo? Você entregaria o dinheiro? Comentem!

Próxima Matéria
Via   G1     Metro  
Imagens Fakt
Mateus Graff
https://www.instagram.com/mateusgraff/ https://www.facebook.com/mateus.adjutomartinsgraff
As categorias Terror, Sobrenatural, CreppyPasta e entretenimento têm como único objetivo de entreter. Não devem ser utilizadas como fontes de artigos científicos ou trabalhos escolares.
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+