• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


Mulher coloca câmera secreta no seu decote por um motivo totalmente inesperado

POR Arthur Porto    EM Curiosidades      08/11/19 às 10h46

Uma mulher, chamada Whitney Zeling, de 29 anos, escondeu em seu decote, uma câmera e resolveu andar pelas ruas de Nova York, nos Estados Unidos, para ver quantas pessoas olhavam para seu busto e, claro, descobrir também qual seria a reação dessas pessoas. Nesse ínterim, ela capturou dezenas de olhares, tanto de homens como de mulheres, em direção aos seus seios.

Basicamente, o vídeo se tornou viral. Até o momento, o vídeo já possui cerca de um milhão e meio de visualizações. Em suma, o objetivo da filmagem era criar um recorte bem humorado dessa parte simbólica da realidade, que toda mulher enfrenta ao caminhar nas ruas das cidades. Além disso, a ideia principal era falar de um tema ainda mais sério: o câncer de mama.

Analogamente, as imagens mostram a nova-iorquina caminhando tranquilamente. Por ser atriz, percebe-se que Zeling passeia como se não estivesse percebendo os olhares, em direção ao decote. Enquanto isso, a câmera escondida segue registrando as reações das pessoas em relação à "exposição" dos seios da moça.

A ideia

Como dissemos, o objetivo do vídeo é conscientizar a população sobre o câncer de mama. De acordo com Zeling, em entrevista ao portal de notícias Mirror, inicialmente, a experiência, de ser o centro das atenções ao caminhar pelas ruas, despertou um sentimento de vulnerabilidade. Entretanto, para a jovem, todo o processo, no final, valeu a pena.

"Eu não percebi que as pessoas olhavam até voltar para casa e olhar o vídeo. Eu estava apenas olhando para frente. Nada mais". "Fiquei realmente surpresa. Não esperava que as mulheres fossem olhar também. Mas, acredito, agora, que todos realmente gostam mesmo de olhar para essa direção".

O vídeo foi produzido pelo irmão e um amigo de Whitney Zelig. A própria mãe de Zelig sobreviveu ao câncer de mama, que pode ser amenizado através do autoexame, como sugere a mensagem no vídeo.

Basicamente, o vídeo pede que as "mulheres não esqueçam de examinarem os seios". Segundo a filmagem, "40% dos diagnósticos de câncer de mama são realizados por mulheres, que percebem um caroço. Então, realizar um autoexame regular é muito importante. Esse exame é simples e só leva alguns segundos. Se diagnosticado cedo, o câncer de mama tem 99% de chances de cura".

Câncer de mama

De acordo com o Instituto Nacional de Câncer, o câncer de mama é uma doença causada pela multiplicação desordenada de células da mama. Em suma, esse processo gera células anormais, que ao se multiplicarem, formam um tumor.

Nesse ínterim, é importante lembrar também que existem vários tipos de câncer de mama. Assim, a doença pode evoluir de diferentes formas. Basicamente, alguns tipos de câncer se desenvolvem mais rápido, enquanto outros crescem lentamente. Tais comportamentos são distintos e ocorrem, de acordo com as característica próprias de cada tumor.

Em todo o mundo, o câncer de mama, depois do de pele não melanoma, é o tipo de doença mais comum entre as mulheres. E é exatamente isso que Whitney Zelig decidiu expor em seu vídeo. Em síntese, para 2018, são esperados 59.700 casos novos de câncer de mama no Brasil.

É importante ressaltar que o câncer de mama também acomete homens. Porém, é raro, representando apenas 1% do total de casos da doença. Existe tratamento para a doença e o Ministério da Saúde oferece atendimento por meio do Sistema Único de Saúde (SUS).

Próxima Matéria
Via   INCA     Mirror  
Imagens Mirror
Arthur Porto
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+