• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


Mulher sem-teto viraliza na internet por sua incrível habilidade de canto

POR Jesus Galvão    EM Compartilhando coisa boa      03/10/19 às 16h05

Todos os dias, nas estações de trens, ônibus e metrôs, além dos passageiros, milhares são as histórias de vida que passam por esse lugares. Cada uma das pessoas que pisam neles lida com um universo para chamar de seu. E, para compartilhar com o mundo. Se parássemos para conversar com as pessoas que cruzam nosso caminho, descobriríamos que não somos assim tão diferentes. Ao mesmo tempo, confirmaríamos que somos absolutamente distintos. Em suma, porque cada um carrega, sobre os ombros, a sua história. Cada qual, com sua habilidade, dom, trajetória e assim por diante.

Entre risos e lágrimas, é difícil conceber o quanto de nós cabe no mundo do outro. E vice-versa. Portanto, não é incomum encontrar todos os tipos de artistas nesse lugares. Oferecendo um pouquinho de si, de sua criação, de seu dom, para aqueles que desejam e param para contemplar, mesmo que, por alguns segundos, o infinito particular de outro. A questão é que, nunca passamos por esses lugares sem que algo nos prenda a atenção. Surpreendentemente, sem sermos, de alguma forma, tocados pelo o que acontece ali.

Uma dessas coisas únicas, e que impressionam desde o primeiro segundo que nos deparamos com ela, é a voz da russa Emily Zamourka. A cantora de metrô, de 52 anos, recentemente, ganhou o coração das pessoas depois que um vídeo seu, cantando no metrô de Los Angeles, foi parar na internet.

Um policial trabalhava na estação de metrô Wilshire-Normandie, quando ouviu Zamourka cantando uma ópera, no local, e decidiu filmar. Posteriormente, ele subiu o vídeo para a conta do Departamento de Polícia de Los Angeles no Twitter. Na publicação, o policial escreveu: "4 milhões de pessoas chamam Los Angeles de lar. 4 milhões de histórias. 4 milhões de vozes ... às vezes, você só precisa parar e ouvir uma, para ouvir algo bonito".

Bela voz

O vídeo rapidamente começou a ser compartilhado pelos usuários da rede social, e, logo havia se tornado um viral. Atualmente, o vídeo já foi visto mais de um milhão de vezes. As pessoas, então, quiseram saber mais sobre quem ela era e ouvir mais daquilo que ela estava cantando.

O policial, que havia feito as filmagens, também se interessou pela vida de Zamourka, que revelou para ele que havia aprendido a cantar quando ainda era criança. Ela assistia cantores de ópera, se apresentando na televisão, e os imitava. Ali, nascia seu amor pela música. Mais tarde, ela aprenderia a tocar piano e violino.

Assim como milhões de outras pessoas ao redor do mundo, Zamourka acabou se mudando para os Estados Unidos. Ela deixou seu país em busca de independência, novas experiências e para realizar seus sonhos.

Ao chegar no novo país, ela trabalhou em casas de repouso e restaurantes. Em suma, antes de redescobrir sua paixão pela música e começar a dar aulas. No entanto, devido a problemas de saúde e dívidas que contraiu devido a isso, ela acabou indo parar nas ruas.

Tudo ficou ainda mais difícil quando seu violino, de US$ 10.000, foi roubado e destruído. A russa tinha o violino como única fonte de renda naquele momento. Porém, apesar da falta de seu instrumento, ela ainda tinha a sua voz.

A história e o canto de Zamourka mexeram com as pessoas, e muita gente estava disposta a ajudá-la a se reerguer. Desde que seu vídeo conquistou os internautas, a russa se tornou uma celebridade local. Além de atrair multidões, para vê-la cantar, a imprensa massivamente quis conhece-la. Assim, Zamourka foi convidada para cantar na abertura de uma celebração italiana em Los Angeles, chamada Little Italy.

Uma campanha, em uma plataforma de financiamento coletivo, foi inciada para ajudá-la a sair das ruas e retomar sua vida. Para mais informações sobre a iniciativa, acesse o site da GoFundMe.

Então pessoal, o que acharam da matéria? Deixem nos comentários a sua opinião. Posteriormente, não esqueçam de compartilhar com os amigos.

Próxima Matéria
Jesus Galvão
Goiano, Canceriano e Publicitário.
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+